Home / Notícias / CNM esclarece sobre o procedimento de conformidade de usuários no Siconfi

Notícias

Monday, 13 de March de 2017

CNM esclarece sobre o procedimento de conformidade de usuários no Siconfi

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) esclarece aos gestores municipais o que deve ser feito para reativar um usuário em caso de vínculo suspenso no Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi).

A CNM destaca que o processo de conformidade de usuários é destinado aos titulares de Poder/Órgão para que reavaliem os usuários vinculados à sua instituição. Sempre que o procedimento de conformidade for disparado, toda vez que o titular acessar o sistema, será apresentada mensagem alertando-o da necessidade de efetuar a conformidade de usuários. O titular deverá, então, selecionar os usuários que permanecerão ativos, excluindo aqueles que não fazem mais parte do órgão.

A Confederação lembra que em 2017 a conformidade de usuários ficou disponível entre os dias 4 de janeiro e 15 de fevereiro para todos os titulares.

O que fazer?
Com o prazo encerrado, os usuários não revalidados têm seus vínculos suspensos, mas o titular ou seu delegatário ainda pode reativar qualquer usuário vinculado à sua instituição que estiver com o vínculo suspenso. Basta acessar o menu “Gestão/Administrar Usuários”, selecionar o usuário, e, na aba “Vínculos”, selecionar o vínculo suspenso e clicar no botão “Reativar”.

Agência CNM, com informações do Siconfi