Home / Notícias / Inscrições para convocatória internacional de financiamento de projetos de bibliotecas públicas estão abertas

Notícias

23/01/2017

Compartilhe esta notícia:

Inscrições para convocatória internacional de financiamento de projetos de bibliotecas públicas estão abertas

Dirigido às bibliotecas públicas de países e cidades membros, o Programa Ibero-Americano de Bibliotecas Públicas (Iberbibliotecas) abriu a convocatória desse ano do Concurso de Ajudas de 2017. A iniciativa é dirigida pela Secretaria-Geral Ibero-Americana (Segib) e coordenada pelo Centro Regional para o Fomento do Livro na América Latina e Caribe (Cerlalc). A ação visa a fortalecer as bibliotecas públicas como espaços de livre acesso à informação e à leitura, trabalhar em prol da inclusão social e contribuir para a qualificação da educação e do desenvolvimento.
 
O programa vai destinar 181 mil dólares para projetos propostos por bibliotecas públicas, comunitárias e populares, associações, redes e sistemas de bibliotecas públicas e organizações públicas e privadas que prestem serviços de biblioteca pública nos seguintes países e cidades membros: Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Espanha, México, Paraguai, Buenos Aires e Medellín.
 
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca a importância da convocatória como iniciativa fomentadora e articuladora do setor de bibliotecas públicas da América Latina, sendo, desta forma, interessante aos Municípios brasileiros que forem contemplados. A entidade alerta, no entanto, que, caso sejam selecionadas, as bibliotecas públicas municipais deverão oferecer uma contrapartida mínima ou porcentagem de financiamento própria, correspondente a 20% do total do projeto.
 
Como participar
As instituições interessadas em participar devem submeter até o dia 14 de abril projetos enquadrados em uma das seguintes categorias: a) projetos bibliotecários inovadores executados por dois ou mais países ibero-americanos, dos quais pelo menos um deverá ser membro ativo do programa Iberbibliotecas; b) projetos para fortalecer redes e sistemas de bibliotecas nacionais, regionais ou de cidades, sendo, no caso do Brasil, incluídos redes e sistemas de bibliotecas estaduais, municipais e distrital.
 
Para mais informações sobre a iniciativa, acesse o site aqui.

Notícias relacionadas