Home / Notícias / Municípios com grandes estátuas impressionam e atraem turistas

Notícias

Friday, 20 de January de 2017

Municípios com grandes estátuas impressionam e atraem turistas

Desde que a estátua do Cristo Redentor, de 38 metros, se incorporou à paisagem do Corcovado, morro com 710 metros no Rio de Janeiro, em 1931, o mirante passou a atrair milhares de visitantes do Brasil e do mundo. De tão bela, a paisagem urbana da “Cidade Maravilhosa”, ornada pelo Pão de Açúcar, a Baia da Guanabara, lagoas, montanhas e florestas foi reconhecida como Patrimônio da Humanidade pela Unesco, tendo o Cristo Redentor como principal atrativo.

O monumento, localizado na floresta da Tijuca, tornou-se um ícone do Brasil e, desde 2007, é considerado uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Por ano, o número de visitantes ultrapassa 2 milhões. Mas não é só no Rio de Janeiro que as estátuas e monumentos causam grande fluxo de turistas e, com isso, movimentam o mercado local. Mais de 220 réplicas do Cristo Redentor, de todos os tamanhos, povoam praças e montanhas pelo Brasil e o mundo. É assim em Colatina, no Espírito Santo, com 33 metros, e em Elói Mendes, em Minas Gerais, com 39 metros.

É em Santa Cruz, no Rio Grande do Norte, que está localizada a maior estátua católica do mundo: Santa Rita de Cássia, com seus 56 metros de altura instalada mais precisamente em Monte Carmelo. A movimentação de romeiros alterou a rotina do pequeno Município do sertão potiguar, graças ao turismo religioso que incrementa a economia local.

Expressões
Os orixás do candomblé também são personificados em estátuas que atraem visitantes, principalmente onde a religião tem maior número de seguidores. O Dique do Tororó, em Salvador, chama atenção de quem passa pelo lago pelas figuras gigantes de oito orixás sobre o espelho d`água. Os orixás representados são Iansã, Nanã, Ogum, Oxalá, Xangô, Iemanjá, Oxum e Oxossi.

Em Brasília, nas margens do Lago Paranoá, o Parque dos Orixás também exibe várias figuras dos “santos” do candomblé. Em Natal, Iemanjá reina na orla da Praia do Meio, onde é cultuada pelos praticantes de dos rituais de umbanda e candomblé.

Inclusão no Mapa do Turismo
No Ceará, as estátuas do Padre Cícero, com 27 metros, na Colina do Horto, em Juazeiro do Norte; e de São Francisco, de 30 metros, em Canindé, incluíram os dois destinos religiosos no mapa do turismo brasileiro.

Outro personagem expressivo da religiosidade nordestina, o Frei Damião de Bozzano, foi imortalizado em estátuas por toda a região, após a sua morte, e virou atrativo de muitas cidades. Em Guarabira, na Paraíba, a estátua do Capuchinho tem 34 metros e está entre as mais visitadas.

Agência CNM com informações do Minsitério do Turismo