Home / Notícias / CNM chama atenção de Municípios gaúchos para possível passagem de ciclone no Estado

Notícias

12/09/2016

Compartilhe esta notícia:

CNM chama atenção de Municípios gaúchos para possível passagem de ciclone no Estado

Um ciclone extratropical deve passar pelo Rio Grande do Sul nesta terça-feira, 13 de agosto. O alerta foi emitido pelos principais órgãos de meteorologia do país, como Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec). Os ventos fortes poderão causar prejuízos para diversas cidades gaúchas, especialmente àquelas localizadas ao sul do Estado.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) entrou em contato com representante do Centro, que explicou que o ciclone se formará a leste da província de Buenos Aires e sudeste do Uruguai. O fenômeno irá gerar perturbações no oceano Atlântico e áreas continentais próximas. Entre elas, o litoral sudeste do Uruguai e extremo sudeste do Rio Grande do Sul.

O órgão chama a atenção para a intensidade dos ventos nos países vizinhos. Em locais como a Argentina e o Uruguai, a velocidade poderá ultrapassar os 70 km/h, com rajadas de vento próximas aos 100 km/h. Essa velocidade é suficiente para causar danos na superfície marinha, destruindo recifes de coral, e na superfície terrestre, por meio da derrubada de árvores.

Contudo, os efeitos da passagem do ciclone não deverão ser percebidos com a mesma intensidade no Rio Grande do Sul, segundo o Cptec. A previsão é que a intensidade dos ventos seja inferior em solo brasileiro. Ainda assim, haverá elevação do mar na costa gaúcha, com ondas que podem chegar até cinco metros de altura. O órgão afirma, ainda, que o fenômeno permanecerá no mar até a quarta-feira, 14 de setembro, porém mais afastado do continente.

Previsão do tempo

Para os próximos dias, o Inmet prevê chuva isolada no centro-sul do Paraná e no norte de Santa Catarina. Já no leste do Estado paranaense e no nordeste catarinense, os meteorologistas sinalizam pancadas de chuva no período da tarde.

O tempo permanece ensolarado no norte do Paraná, com a presença de poucas nuvens. No Rio Grande do Sul, sul e sudeste de Santa Catarina a previsão é de fortes pancadas de chuva pela manhã. As precipitações ficarão evidentes em alguns pontos com possibilidade de rajadas de vento e queda de granizo.

A temperatura deverá cair no Rio Grande do Sul e não irá ultrapassar os 38ºC no noroeste do Paraná. Por outro lado, em Santa Catarina, os termômetros poderão registrar temperaturas na faixa dos 14ºC.

Orientações aos gestores

Diante das consequências que os ciclones ou tornados podem provocar, a CNM elencou alguns cuidados a serem realizados pelo Município. Entre eles:

• Elaborar o Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal, onde serão identificadas as áreas de risco e estabelecidas as regras de assentamento da população;

• Fiscalizar os projetos e as construções;

• Indicar quais as técnicas seguras para a construção, com base no conhecimento da velocidade e época dos vendavais já ocorridos. Atenção especial para aqueles de grande cobertura e de estrutura metálica como: postos de gasolina, galpões, armazéns, escolas, depósitos e outros;

• Cortar árvores ou deslocar postes de luz que possam cair sobre casas e outros estabelecimentos;

• Avisar a população sobre as condições climáticas, a possibilidade de vendaval e orientar sobre os cuidados a serem tomados.

Mais informações podem ser obtidas diretamente com a área de Defesa Civil da CNM, pelo e-mail: defesa-civil@cnm.org.br.

 

 


Notícias relacionadas