Home / Notícias / Deputados comentam dados da CNM sobre impactos da seca no Nordeste

Notícias

18/01/2017

Compartilhe está notícia:

Deputados comentam dados da CNM sobre impactos da seca no Nordeste

Dados da Confederação Nacional de Municípios (CNM) sobre a severa seca que afeta o Nordeste brasileiro foram mencionados por deputados em matéria publicada pela Agência Câmara nesta terça-feira, 17 de janeiro. Com a pior situação enfrentada nos últimos cem anos, a seca já afetou mais de 33 milhões de pessoas.
 
A CNM vem falando sobre os impactos decorrentes da seca nos Municípios brasileiros. A entidade destaca que, em um período de três anos, entre 2012 e 2015, o Nordeste registrou prejuízos de R$ 104 bilhões com a seca, O valor representa 70% do total estimado para o país. Os dados constam do estudo Prejuízos Causados por Desastres Naturais - 2012 a 2015, com base nos dados do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres.
 
O deputado Zeca Cavalcanti (PTB-PE) destacou que é preciso desenvolver políticas de convívio com a seca. O parlamentar é autor de projeto de lei que prevê ações por parte do poder público para garantir o desenvolvimento econômico das regiões onde ocorrem as secas. A proposta estabelece também ações para garantir a segurança alimentar das populações atingidas pelas longas estiagens.
 
São Francisco
Já o deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE) alertou para o perigo de se desviar água do rio São Francisco. Para ele, seria melhor investir na interligação da Bacia do Rio Preto e Bacia do Tocantins ao Rio São Francisco, como forma de garantir que o São Francisco possa abastecer os estados do Nordeste. De outro lado, o deputado Rômulo Gouveia (PSD-PB) defendeu a conclusão das obras de transposição do rio São Francisco para minimizar os efeitos da estiagem no interior do Nordeste.
 
Veja aqui a íntegra da proposta.

Leia mais:

Notícias relacionadas