Home / Notícias / Desastres naturais: Anatel deverá implantar sistema de alerta à população

Notícias

25/01/2017

Compartilhe esta notícia:

Desastres naturais: Anatel deverá implantar sistema de alerta à população

Usuários de telefones móveis deverão passar a receber uma mensagem por celular que servirá de alerta em caso de iminência de desastres naturais. Os avisos serão enviados pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad) e pela Defesa Civil dos Estados e Municípios. A medida foi anunciada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) nesta terça-feira, dia 24 de janeiro.
 
Segundo o órgão, será implementado primeiramente um projeto-piloto em 20 Municípios do Estado de Santa Catarina, onde moram cerca de 500 mil habitantes. A escolha dos lugares foi baseada em eventos meteorológicos com potencial de acidentes, entre eles: ressacas, vendavais, alagamentos, enxurradas e granizo.
 
O projeto-piloto terá duração de 120 dias. Em maio, a Anatel realizará uma avaliação com duração de 65 dias. Se necessário, será feita uma revisão do projeto. Em julho, o serviço começará a ser disponibilizado para outros Municípios de todo o país. O Cenad vai montar um cronograma para a sua implantação.
 
A implantação do projeto é de responsabilidade da Anatel, em parceria com a Defesa Civil, e contará ainda com o trabalho das empresas de telecomunicações. O serviço de alerta via SMS ficará a cargo das empresas de telecomunicações, sem ônus para os cofres públicos.
 
Como funciona
Para adesão ao projeto-piloto, os usuários de telefonia móvel que moram nos Municípios selecionados receberão, a partir do dia 1º de fevereiro, mensagem informando sobre o serviço, com o seguinte teor: “Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de área de riscos. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse”.
 
Os SMS começarão a ser enviados em caso de alertas de desastres naturais a partir de 7 de fevereiro. Além disso, será realizada campanha de divulgação nos meios de comunicação destes Municípios.
 
Agência CNM, com informações da Agência Brasil

Notícias relacionadas