Home / Notícias / Reservatórios de hidrelétricas do Nordeste devem chegar a 17% no fim do ano

Notícias

09/12/2016

Compartilhe está notícia:

Reservatórios de hidrelétricas do Nordeste devem chegar a 17% no fim do ano

O nível dos reservatórios das hidrelétricas da Região Nordeste deve começar a se recuperar com o início do período chuvoso e chegar 17,1% até o fim do mês. A previsão é do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), que se reuniu hoje (8), em Brasília. Atualmente, o nível dos reservatórios na região está em 11,22% e no fim do ano passado chegou a 5,15%.

Além do aumento de chuvas na região, contribui para a recuperação dos reservatórios a redução da vazão mínima da barragem de Sobradinho (BA), no Rio São Francisco, para 750 metros cúbicos por segundo (m³/s), que começou a ser adotada no fim de novembro. Segundo o comitê, na próxima semana serão apresentados os resultados finais do teste de redução e, a partir daí, deverá ser avaliado se é possível reduzir a vazão para 700 m³/s. Em Sobradinho, o nível do reservatório está atualmente em 7,48% de sua capacidade máxima de armazenamento e a expectativa é que até o fim do ano esse índice chegue a 13,1%.

Também foi recomendada a redução gradual da vazão defluente da Usina Hidrelétrica Três Marias, também no Rio São Francisco, de 280 m³/s para 165 m³/s, patamar que foi alcançado no dia 3 de dezembro. De acordo com o comitê, novas reduções poderão ser avaliadas na barragem, com o objetivo de estocar o maior volume possível de água no reservatório da usina.

Segundo o comitê, o risco de déficit de energia em 2016 é zero para os subsistemas Sudeste/Centro-Oeste e Nordeste. Já para 2017, estes riscos são de 0,9% e 0,1%, para estes subsistemas, respectivamente. A margem de risco considerada tolerável pelo governo é de 5%.

Notícias relacionadas