Home / Notícias / CNM divulga convocatória pública de projetos dentro da Nova Agenda Urbana

Notícias

Friday, 02 de December de 2016

CNM divulga convocatória pública de projetos dentro da Nova Agenda Urbana

Está aberta convocatória pública do Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) que busca identificar projetos que atuarão sobre a Nova Agenda Urbana. O objetivo é incentivar e difundir iniciativas que atuem na construção de cidades verdes e inclusivas para então o alcance de um desenvolvimento urbano sustentável.

O intuito é que os projetos articulem as diversas temáticas e setores englobados pela Nova Agenda Urbana, como gênero, direitos humanos, juventude e mudanças climáticas. A Nova Agenda Urbana foi aprovada na Conferência Habitat III, que ocorreu no mês de outubro deste ano em Quito, Equador. As diversas delegações presentes se comprometeram com a Agenda, inclusive o Brasil, que visa orientar a urbanização sustentável pelos próximos 20 anos.

Qualquer organização, Município, entidade ou indivíduo (apoiado por uma organização) do setor público, privado, multilateral ou da sociedade civil com um projeto urbano que contemple o desenvolvimento urbano sustentável pode participar.

Razões para participar
A CNM incentiva a participação já que é uma oportunidade para ser reconhecido como projeto inspirador dos princípios da Nova Agenda Urbana, tê-lo sistematizado por um especialista e participar de um debate presencial de intercâmbio sobre lições aprendidas e potencial de transferência.

A iniciativa tem o apoio da FLACMA (Federação Latino-Americana de Cidades, Municípios e Associações Municipalistas). Também participam o Ministério de Fomento Espanhol, Mercociudades e o Foro Ibero-americano e do Caribe sobre Boas Práticas.

O prazo de inscrição é até o dia 16 de dezembro. Serão selecionados quatro projetos para serem usados como modelos. A ideia é que possa haver um espaço para intercâmbio de boas práticas e desafios em comum já no mês de fevereiro de 2017.

Clique aqui para participar.
Chamada pública pode ser acessada aqui.