Home / Notícias / Confederação representa Flacma durante encontro na cidade de Barcelona

Notícias

02/03/2017

Compartilhe está notícia:

Confederação representa Flacma durante encontro na cidade de Barcelona

Na última semana de fevereiro, a Organização Mundial de Cidades e Governos Locais Unidos (CGLU) promoveu, em Barcelona, o Encontro de Planejamento. O diretor da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Hugo Lembeck, esteve representando o secretariado executivo da Federação Latino-Americana de Cidades, Municípios e Associações (Flacma).

Juntamente com Lembeck, esteve presente o prefeito boliviano de Sucre, Iván Arciénega. Ele é vice-presidente da CGLU. O Encontro foi marcado por um conjunto de reuniões, dentre as quais a reunião da presidência da Organização, que teve como pauta as prioridades estratégicas da entidade para o período entre 2016 e 2022.

Arciénega comentou a importância do diálogo com os congressistas e as instâncias legislativas nacionais. Destacou a necessidade apoiar na construção de leis e programas nacionais mais favoráveis aos Municípios. E falou sobre os desafios com a água enfrentados na América Latina, escassa em alguns países e em provocando enchentes em outros.

Em sua fala, o diretor da CNM, enalteceu o trabalho desenvolvido pela Comissão de Descentralização da CGLU nos últimos anos. Lembeck informou que esse tema é de grande importância dentro da Flacma, assim como a reforma municipal. A Federação elaborou uma agenda com os 10 pontos da reforma municipal para negociar em âmbito continental.

Reunião com presidente da CGLU

Durante o encontro, a delegação da Flacma também se reuniu com o líder da CGLU, Parks Tau, presidente da Associação de Governos Locais da África do Sul (em inglês, conhecida pela sigla Salga). Foram debatidos temas como o apoio da CGLU à integração latino-americana e a cooperação entre América Latina e África.

Lembeck apresentou ao presidente da organização mundial um ofício convite para participar da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. O evento, organizado todos os anos pela CNM, será realizado entre os dias 15 e 18 de maio, em Brasília.

Neste ano, a Marcha ganha um tom mais internacional, com a realização do Congresso Internacional Municipalista e a sessão do órgão de decisão da Flacma, com a participação de delegações de diferentes países da América Latina e Caribe.

Integração latino-americana

Outro tema de grande relevância debatido no encontro foi o processo de integração do movimento municipalista na América Latina. A delegação da Flacma participou de uma série de reuniões com outras redes atuando no continente, como o Mercocidades e a União de Cidades Capitais Ibero-americanas (UCCI). O objetivo é buscar o desenvolvimento de ações e projetos conjuntos.

Os representantes da Flacma tiveram um importante papel em defender os interesses e as perspectivas das associações nacionais de Municípios para a região. A expectativa é que essa atuação possa fortalecer o movimento municipalista latino-americano nas esferas internacionais.

Resultados para os Municípios brasileiros

A Confederação tem um papel ativo em negociações internacionais, e participa frequentemente desse tipo de encontro. Para a entidade, esse diálogo com a Flacma e a CGLU éAg. CNM fundamental para garantir a representatividade dos Municípios brasileiros no cenário mundial. Assim, os Entes locais podem contribuir com o desenvolvimento e implementação das agendas internacionais.

Além disso, o incentivo à cooperação entre Municípios e suas entidades representativas no plano internacional permite trazer novas experiências e projetos para os gestores brasileiros. Em tempos em que os Municípios enfrentam tantos desafios para trazer resultados concretos às suas populações, novas estratégias precisam ser definidas. E a inspiração pode vir de uma cidade vizinha fora do país.

Conheça os 10 Pontos da Agenda de Reforma Municipal da América Latina

Saiba mais sobre a Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios

 

 

 


Notícias relacionadas