Áreas técnicas / Jurídico / PEC que acaba com foro privilegiado de agente...

Jurídico

Notícias

PEC que acaba com foro privilegiado de agentes políticos deve ser analisada em 2017

Segunda, 19 de dezembro de 2016.

07072016_martelojuiz_CamaraSaltoGrandeSPUma proposta que pretende acabar com o foro privilegiado de políticos e autoridades nas infrações penais comuns deve ter andamento no Congresso em 2017. A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 10/2013, aprovada em novembro pela Comissão de Constituição, Justiça e do Senado Federal (CCJ), abrange o presidente da República, parlamentares, ministros do Supremo Tribunal Federal, governadores e também prefeitos.

Se avançar, após a apreciação em dois turnos no Plenário do Senado e depois na Câmara dos Deputados, as autoridades passam a responder a processos por crimes comuns na primeira instância da Justiça. Isso também ocorreria com os prefeitos. Atualmente, por terem foro especial por prerrogativa de função, esses gestores são submetidos a julgamento pelo Tribunal de Justiça (TJ) de sua jurisdição, ou seja, do Estado de origem do seu Município.

As autoridades manterão o foro nos crimes de responsabilidade, aqueles cometidos em decorrência do desempenho do cargo público, como os contra o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais. Ainda continuam com a prerrogativa de função em ações relacionadas à segurança interna do país, à probidade na administração, à lei orçamentária, ao cumprimento das leis e das decisões judiciais, entre outros.

O texto da PEC também não altera o artigo 53 da Constituição, segundo o qual os deputados e senadores são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer de suas opiniões, palavras e votos.

Agência CNM, com informações da Agência Brasil

Notícias relacionadas

Saiba Mais

Notícias Biblioteca Pauta Legislativa Links Vídeos

Contato

E-mail: juridico@cnm.org.br