Home / Notícias / Zika vírus impede multiplicação celular e amadurecimento de neurônios

Notícias

25/01/2017

Compartilhe esta notícia:

Zika vírus impede multiplicação celular e amadurecimento de neurônios

Um grupo de cientistas brasileiros acaba de traçar um mapa detalhado dos efeitos do vírus da zika sobre as células que dão origem ao cérebro humano. Segundo os especialistas, o invasor microscópico é capaz de travar a multiplicação celular e de impedir que neurônios maduros apareçam. A pesquisa deve ajudar na produção de medicamentos específicos para o bloqueio da ação do vírus, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.

A descoberta explicaria o tamanho reduzido do cérebro dos recém-nascidos afetados pelo zika, quando estavam na barriga da mãe. Outro ponto importante da pesquisa foi o catálogo de mais de 500 proteínas e genes das células humanas que parecem ser alterados indiretamente pela presença do vírus.

Os trabalhos foram coordenados por Patrícia Garcez e Stevens Rehen, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e do Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino. Desde que foi verificada a relação entre o patógeno e os casos de microcefalia em bebês na Região Nordeste, as pesquisadoras estão tentando desvendar os aspectos básicos da biologia do zika vírus.

A principal ferramenta utilizada foi o cultivo, em laboratório, de células-tronco neurais. Essas pequenas massas esféricas simularam alguns aspectos do desenvolvimento cerebral dos fetos humanos. Os resultados dos testes apontaram que as neuroesferas infectadas com o zika eram menores que as não infectadas, e com o passar do tempo, começaram a sumir.

Segundo as cientistas, a expectativa é que algumas das moléculas catalogadas possam ser alvos promissores de medicamentos que bloqueiem a ação do zika vírus de modo específico, algo que não existe ainda.

Ação municipalista

De olho nos efeitos negativos do zika vírus nos Municípios brasileiros, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) lançou umaPref. João Neiva/EScampanha nacional de enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti. O inseto é um dos principais agentes transmissores do vírus da zika.

Como parte das estratégias, a entidade lançou um hotsite que reúne informações importantes sobre as doenças causadas pelo Aedes aegypti, bem como as formas de prevenção e combate. Também estão disponíveis materiais de apoio e estudos da CNM sobreo tema. Todo o conteúdo pode ser acessado gratuitamente.

Conheça o hotsite aqui

Da Agência CNM, com informações da Folha de São Paulo

 

 


Notícias relacionadas