Home / Notícias / Municípios clamam por mais investimentos no Turismo, diz CNM durante audiência pública

Notícias

Wednesday, 03 de August de 2016

Municípios clamam por mais investimentos no Turismo, diz CNM durante audiência pública

“Os Municípios brasileiros clamam por mais investimentos no Turismo. Eles entendem como setor estratégico e fundamental para economia e desenvolvimento do país”. Essas afirmações são do representante da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Mario Nascimento, que participou de audiência pública que debateu o Projeto de Lei da Câmara (PLC) 147/2015, que classifica os Municípios como estâncias turísticas. 

O debate ocorrido na tarde desta quarta-feira, 3 de agosto, na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado Federal também contou com a participação de representantes do setor e do governo federal. Em sua fala, o municipalista destacou que ao longo dos últimos anos, o Brasil foi diminuindo o orçamento destinado ao Turismo. 

Embora tenha havido aumento de recursos para o setor de 2015 para 2016, de R$ 9 milhões para R$ 15 milhões, a verba orçamentária para a área já chegou a ser de R$ 104 milhões em 2011. “O Brasil perdeu a oportunidade de se promover no Turismo internacional, com a Copa do Mundo e as Olimpíadas, por falta de investimentos”, disse. 

TV SenadoAnálise
Para Nascimento, esses dois eventos demandariam obrigatoriamente maiores investimentos no turismo, tendo acontecido o inverso. "Há um equívoco nessa política. Nós precisamos mudar esse foco", disse. Ele mencionou experiências de outras localidades ao dizer: “os países mais desenvolvidos do mundo, na Europa, nos Estados Unidos, na Ásia, têm no turismo a primeira, a segunda ou a terceira atividade econômica principal. É injeção na veia quando se investe em turismo”. 

Os representantes do Ministério do Turismo e de entidades do setor pediram modificação da proposta. No geral, há o entendimento de que se o PLC 147/2015 for aprovado como está, muitos Municípios ficarão de fora dos destinos turísticos do país. O texto define requisitos para que uma cidade receba a conceituação de estância. Pela proposta, haveria cinco tipos de estâncias turísticas: hidrominerais, climáticas, turísticas, balneárias e turísticas religiosas. 

Agência CNM, com informações da Agência Senado