Home / Comunicação / Biblioteca virtual da CNM registrou mais 42,2 mil downloads em março

Notícias

16/04/2018

Compartilhe esta notícia:

Biblioteca virtual da CNM registrou mais 42,2 mil downloads em março

Em constante expansão, a biblioteca virtual da Confederação Nacional de Municípios (CNM) registou 42,2 mil downloads somente em março deste ano. Criada para disponibilizar informações relevantes, de forma mais fácil e ágil, a página on-line concentra livros, cartilhas, notas técnicas e estudos. Em março, o livro mais acessado foi Recursos financeiros no Sistema Único de Saúde (SUS), baixado mais 4,8 mil vezes.

De acordo com dados do departamento de Gestão da CNM, os valores do Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM) 2018, por Município, foi o segundo documento digital com relevante quantidade de acesso, contabilizando mais de 2,9 mil downloads. Os repasses do 1º, 2º e 3º decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) aparecem entre os tops dez do mês, seguido do livro Contabilidade: A nova Contabilidade Pública Municipal, que teve mais de 800 acessos.

O ranking trouxe da sétima à nona posição notas técnicas sobre AFM Saúde, Sistema de Declaração Padronizada do Imposto Sobre Serviços (ISS) e a proposta da Comissão Intergestora Tripartite (CIT) de mudança na Política Nacional de Atenção Básica (PNAB). O livro A importância do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) fechou a lista das dez publicações mais acessadas do mês.

Todo esse material pode ser facilmente acessado pelo www.cnm.org.br/biblioteca. De acordo com o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, a biblioteca é uma forma de a CNM compartilhar o conteúdo técnico com os gestores municipais de diversas áreas da prefeitura. Além de ser uma excelente aliada dos gestores para o alcance de uma gestão de qualidade. Essas informações podem evitar que o gestor seja responsabilizado, lá na frente, por falta de conhecimentos nas ações tomadas”, destacou o presidente da entidade.

Diante disso, Ziulkoski recomenda que todos os integrantes da gestão municipal, e não só o prefeito, acessem ambiente virtual e o site da CNM, diariamente. Ele reforça que este amplo conteúdo foi desenvolvido e publicado, justamente, para apoiar os municipalistas nas demandas e responsabilidades cotidianas.


Notícias relacionadas