Home / Comunicação / CNM participa de reunião da Flacma em Buenos Aires para planejar ações em 2018

Notícias

08/11/2017

Compartilhe esta notícia:

CNM participa de reunião da Flacma em Buenos Aires para planejar ações em 2018

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) participou da reunião do comitê técnico da Federação Latino-americana de Cidades, Municípios e Associações de Governos Locais (Flacma) na sede da Federação Argentina de Municípios (FAM) em Buenos Aires. O encontro foi destinado à discussão do planejamento de ações para o próximo ano. O comitê é formado por secretários executivos das associações membros da federação, que reúne Municípios, associações nacionais de governos locais e instituições municipais da América Latina.

Na reunião, o secretário geral da CNM, Eduardo Tabosa, apresentou um informe das atividades da CNM como secretária executiva da Flacma de agosto de 2015 a agosto de 2017. Na oportunidade, Tabosa destacou os avanços alcançados até o momento relacionados à promoção da integração e cooperação entre as associações da América Latina, à valorização da Federação no cenário regional e internacional e aos avanços para a unidade do movimento municipalista latino-americano.

Também foi definida a nova estrutura do Secretariado da Federação. No próximo período, a CNM vai ficar responsável pelo tema dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) na Federação. A CNM já possui várias ações nesse sentido com o objetivo de localizar os ODS no Brasil. Agora, vai coordenar as iniciativas da Federação no âmbito da Agenda a nível regional.

Atividades

A reunião foi coordenada pelo presidente da Flacma e prefeito de Sucre, Iván Arciénega, que também preside a Associação dos Municípios da Bolívia (AMB). Durante o primeiro dia, foi definida a agenda de um plano estratégico para promover reformas para os 16 mil governos locais com o objetivo de melhorar a qualidade de vida de milhões de habitantes em toda a América Latina.

Neste sentido, Arciénega destacou a participação da Flacma. "A unidade latino-americana tem sido colocada como um objetivo central como contribuição para a agenda global tanto nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável quanto na Nova Agenda Urbana", disse. Ele também enfatizou a importância da realização do encontro. "O evento teve uma conotação fundamental no fortalecimento institucional da Flacma, que estabelece novas tarefas na aprovação de um novo estatuto, uma recomposição organizacional e colocou como centrais os documentos de planejamento, como o plano estratégico, gestão e planos anuais, o que fortalece a sustentabilidade institucional”, ressaltou.

Em sua participação a anfitriã do evento e presidente da FAM, Verónica Magario, fez referência à à iniciativa de criar um Instituto Municipal de Gênero, promovido e endossado pelos membros do Comitê. "Vamos promover para toda a América Latina um registro da participação das mulheres, a capacitação, o fortalecimento e o papel das mulheres nos governos locais para os quais continuaremos trabalhando", informou.

O evento contou com a participação de representantes de governos locais e de associações do México, Argentina, Chile, República Dominica, Peru e Paraguai. No encerramento, o co-presidente da FlacmA e Intendente de La Matanza, Magario, recebeu em seu gabinete o presidente da Flacma com quem assinou um Acordo-Quadro de Cooperação entre a Associação das Comunidades da Bolívia e o Município de La Matanza. A CNM valoriza e divulga a participação de eventos e reuniões que reúnam as entidades de governos locais, pois entende que essas iniciativas contribuem para o fortalecimento das pautas políticas dos gestores no âmbito internacional. 


Notícias relacionadas