Home / Comunicação / Confederação participa de oficina municipal para debater avanço dos ODS

Notícias

03/08/2017

Compartilhe esta notícia:

Confederação participa de oficina municipal para debater avanço dos ODS

Enquanto os gestores goianos recebiam o Diálogo Municipalista, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) também debatia no Pará estratégias para desenvolver os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A oficina Capacitar para Localizar ocorreu entre os dias 1º e 2 de agosto na cidade de Barcarena.

A iniciativa partiu da prefeitura, que contou com o apoio da CNM para promover o encontro. Na ocasião, a entidade apresentou estratégias e ferramentas para auxiliar os gestores municipais paraenses na localização, em especial no monitoramento, dos ODS no nível local.

Para a Confederação, essa aproximação do tema é imprescindível para garantir a efetiva implementação da Agenda 2030, da qual os ODS fazem parte. O Município de Barcarena foi protagonista na Oficina, dado seu histórico engajamento com o tema do desenvolvimento sustentável.

A secretária municipal de Educação, Ivana Ramos, apresentou dados e ações alinhadas com os ODS, como a Semana do Meio Ambiente nas escolas, o Projeto Paraolímpico, inaugurações de escolas e creches, entre outros.

A prefeitura iniciou os trabalhos em 2013, quando a agenda internacional era composta pelos Objetivos do Desenvolvimento do Milênio (ODM). Desde então, Barcarena vem buscando formas de trazer para a gestão os direcionamentos dos ODS.  

Boas práticas

O prefeito da cidade, Antônio Carlos Vilaça, comentou sua experiência com os participantes da oficina. Ele disse que, após os ajustes no planejamento da prefeitura para incorporar os ODM e os ODS, o Município registrou avanços significativos na área social. Em 2015, por exemplo, a prefeitura recebeu seis certificações por suas boas práticas em áreas como Saúde e Trabalho.

A oficina foi uma iniciativa do Município de Barcarena, em parceria com a CNM, a Rede ODS Brasil e a secretaria de governo da Presidência da República. O presidente da Federação das Associações dos Municípios do Estado do Pará (Famep), Xarão Leão, também esteve presente.

Visão municipal

A Confederação valoriza e divulga este tipo de iniciativa, uma vez que não somente aprimora a gestão municipal, mas também contribui para a implementação da Agenda 2030 nos Municípios. Por meio do Projeto Articulação de Redes Territoriais (ART), em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), a entidade tem contribuído para a municipalização dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.


Notícias relacionadas