Home / Comunicação / Escassez de recursos e migração comprometem serviços públicos de Município roraimense

Notícias

22/12/2017

Compartilhe esta notícia:

Escassez de recursos e migração comprometem serviços públicos de Município roraimense

A crise na Venezuela tem impactado diretamente no atendimento à população de Municípios fronteiriços brasileiros. A escassez de recursos e a sobrecarga nos serviços públicos com a chegada de cidadãos venezuelanos que atravessam a fronteira têm inviabilizado a gestão municipal. O prefeito da cidade de Pacaraima, em Roraima, Juliano Torquato, pede mais apoio do governo federal para lidar com a imigração. 

Segundo o gestor, há dois meses, a prefeitura de Pacaraima instalou abrigo para 150 indígenas venezuelanos do povo Warao. O abrigo já está com 330 indígenas, o dobro da capacidade. “Toda a nossa rede está sufocada, nós não temos condições. Infelizmente, [estamos] praticamente há um ano e meio com questão migratória da Venezuela, e nós não temos nenhum apoio financeiro e de logística do governo federal”, afirmou o prefeito.

Com informações da EBC

A crise na Venezuela tem impactado diretamente no atendimento à população de Municípios fronteiriços brasileiros. A escassez de recursos e a sobrecarga nos serviços públicos com a chegada de cidadãos venezuelanos que atravessam a fronteira têm inviabilizado a gestão municipal. O prefeito da cidade de Pacaraima, em Roraima, Juliano Torquato, pede mais apoio do governo federal para lidar com a imigração.

Segundo o gestor, há dois meses, a prefeitura de Pacaraima instalou abrigo para 150 indígenas venezuelanos do povo Warao. O abrigo já está com 330 indígenas, o dobro da capacidade. “Toda a nossa rede está sufocada, nós não temos condições. Infelizmente, [estamos] praticamente há um ano e meio com questão migratória da Venezuela, e nós não temos nenhum apoio financeiro e de logística do governo federal”, afirmou o prefeito. 

Com informações da EBC


Notícias relacionadas