Home / Comunicação / Especialistas orientam sobre a sustentabilidade e qualificação na gestão dos destinos turísticos

Notícias

28/11/2017

Compartilhe esta notícia:

Especialistas orientam sobre a sustentabilidade e qualificação na gestão dos destinos turísticos

Debates sobre a qualificação da gestão dos destinos turísticos e a sustentabilidade nas ações estiveram na pauta dos debates do Diálogo Municipalista e do IV Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial em Foz do Iguaçu, no Paraná. O representante do Ministério do Turismo, Antônio Borges de Paula, abordou planejamentos para viabilizar melhorias nas cidades com potenciais turísticos.

O representante reforçou que para oferecer turismo de forma eficiente as cidades precisam combater a exclusão, ter sustentabilidade financeira nas ações desenvolvidas, possuir ações de cooperação e preservar o meio ambiente. Nesse sentido, ele entende que precisa ter mais investimentos e defendeu uma nova forma de distribuição de recursos entre os Entes Federados. “Uma das células mais importantes da federação é o Município. Se quisermos ver um país ir para a frente, precisamos revisar o Pacto Federativo”, destacou. 

Em seguida, o coordenador de Turismo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Marcelo Brito, dialogou com os participantes sobre cidades no exterior consideradas Patrimônio Mundial que promoveram o desenvolvimento sustentável do Turismo. “As cidades devem entender que a sustentabilidade precisa estar presente em todos os segmentos”, orientou. Ag. CNM

Nesse sentido, Brito também elencou o trabalho feito nessas regiões para a conservação de monumentos, bem como a divulgação e a promoção do Turismo. Entre elas, estratégias de comunicação para o turismo cultural, utilização de tecnologias para a difusão do turismo, qualificação no recebimento de turistas e a certificação de destinos patrimoniais.

A programação do Diálogo Municipalista e do IV Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial de Foz do Iguaçu continua até a próxima quinta-feira, 30 de novembro. 

O 4º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turística e Patrimônio Mundial é promovido pela CNM em parceria com a Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM) e conta com o apoio institucional da prefeitura de Foz do Iguaçu e com apoio financeiro da Caixa Econômica Federal, da Editora Positivo, do Sistema de Ensino Aprende Brasil, da Itaipu Binacional e governo federal. Além disso, conta com o apoio institucional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA). 

 


Notícias relacionadas