Home / Comunicação / Mais de 8,6 milhões de pessoas devem visitar os parques nacionais em 2018

Notícias

06/11/2017

Compartilhe esta notícia:

Mais de 8,6 milhões de pessoas devem visitar os parques nacionais em 2018

Os parques nacionais devem registrar crescimento de 11,5% de visitantes no próximo ano, segundo estimativa do instituto Euromonitor International, organização voltada para análises de mercado. O órgão indica: “8,6 milhões de pessoas devem visitar as unidades de conservação nacional em 2018”.

Rico por sua diversidade natural, o Brasil tem promovido as áreas destinadas à proteção e conservação ambiental – fauna, flora e recursos naturais, como: rios, lagos e formações rochosas – para visitação turística. Nos parques de domínio municipal, estadual ou federal, as visitas são permitidas, porém controladas por força de lei. Existem 72 parques nacionais, com 22% das 324 unidades de conservação distribuídas por todo o território e que totalizam cerca de 79 milhões de hectares.

Segundo levantamento do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), em 2015, os parques registraram essa marca de 8 milhões de visitantes. Os mais procurados foram: Tujuca, com 2,9 milhões de visitas; Jericoacoara, com 780 mil; e de Brasília, com 294 mil. Em cifras, ainda conforme o levantamento do ICMBio, a atividade turística nas unidades de conservação federais em 2015 movimentou mais de R$ 1 bilhão nos Municípios e gerou cerca de 43 mil empregos.

Consumo
O valor agregado total, de acordo com o estudo, chegaria a R$1,5 bilhão. Os turistas gastaram em consumo direto R$ 1,1 bilhão. Os setores mais beneficiados com as despesas foram o de hospedagem, com R$ 267 milhões, de alimentação, com R$ 241 milhões, e de combustível, com R$ 206 milhões.

Por reconhecer a importância da atividade e dos benefícios conquistados por meio dela, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) incentiva os gestores municipais a promoverem o turismo ecológico e de aventura nas localidades que tem atrativos dessa natureza. Inclusive, a Entidade promove novo evento para debater o turismo em parques naturais.

Debate 

O Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial - Turismo Sustentável em Desenvolvimento e o Patrimônio Mundial será em Foz do Iguaçu (PR), entre os 27 e 30 de novembro.  A agenda é promovida junto com o Dialogo Municipalista do Estado, em parceria com a Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM), com o apoio institucional da Prefeitura de Foz do Iguaçu e com apoio financeiro da Caixa Econômica Federal. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA) também são entidades apoiadoras do evento.

Mais informações aqui e leia também: Diálogo Municipalista e 4º Encontro das Cidades Históricas Turísticas serão realizados em Foz do Iguaçu

Com informações da Agência Brasil

 

 


Notícias relacionadas