Home / Comunicação / Número de mortes das rodovias federais apresenta queda de 6,8%

Notícias

02/01/2018

Compartilhe esta notícia:

Número de mortes das rodovias federais apresenta queda de 6,8%

O número de mortes nas rodovias federais brasileiras apresentou queda de 6,8% e o número de acidentes redução de 21% em 2016. De acordo com dados da Polícia Rodoviária Federal (PRF), os dados dizem respeito ao movimento nas rodovias ao longo do ano passado e mostra que os motoristas adotaram uma conduta mais responsável ao volante.

Os números da PRF mostram que as campanhas de conscientização apresentaram resultados positivos. No ano, foram abordados pelos agentes 7,4 milhões de veículos e os ocupantes assistiram a vídeos sobre a conduta correta para combater a violência no trânsito. Em 2016, ao longo dos 70 mil quilômetros de estradas federais, 96.296 acidentes foram registrados, que deixaram 21.439 feridos e tiraram a vida de 6.405 pessoas. Para coibir os acidentes, a fiscalização também foi intensificada: 5,5 milhões de autos de infração foram emitidos, 3,3% a mais do que em 2015.

Entre os principais flagrantes está o de motoristas dirigindo acima da velocidade permitida nas rodovias, o que resultou na autuação de 3,2 milhões de motoristas. Contudo, são as ultrapassagens irregulares as mais perigosas nas vias, pelo risco de colisão frontal. A PRF autuou 269,5 mil motoristas por essa infração. Já a combinação de álcool ao volante foi flagrada 21,4 mil vezes. No caso de 5,6 mil motoristas, a concentração de bebida no sangue foi tão elevada que acabaram presos.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra que a redução de acidentes em rodovias federais contribui com as cidades que são cortadas pelas mesmas, mas é preciso que a União auxilie os Municípios a estruturar os Órgãos Municipais de Trânsito para que as mortes sejam também reduzidas nas rodovias dos Entes.

Com informações do portal Governo do Brasil


Notícias relacionadas