Home / Comunicação / Parque Nacional Campos Ferruginosos de Carajás é criado no Pará por exigência do processo de licenciamento

Notícias

05/07/2017

Compartilhe esta notícia:

Parque Nacional Campos Ferruginosos de Carajás é criado no Pará por exigência do processo de licenciamento

O Parque Nacional dos Campos Ferruginosos, no Pará - criado por decreto presidencial no último dia 5 de junho - é resultado do licenciamento ambiental do empreendimento de mineração - Complexo S11D Eliezer Batista. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) destaca que a criação da unidade de conservação foi exigência do processo de licenciamento.

De acordo com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a unidade de conservação de proteção integral no Pará vai proteger 59 mil hectares de floresta preservada e 377 cavernas de formatos únicos que abrigam espécies raras da fauna e flora, ameaçadas e exclusivas da região, localizado no maior parque em rochas ferríferas do mundo. O local também guarda registros arqueológicos das primeiras ocupações humanas na Amazônia.

A área está localizada no Municípios de Parauapebas e Canaã dos Carajás e é formada por dois platôs ferruginosos: a Serra da Bocaina, também conhecida como “Serra do Rabo”, localizada entre a rodovia PA 160 e o Rio Parauapebas e a “Serra do Tarzan”, próxima aos projetos de mineração Sossego e 118, que fazem parte da Floresta Nacional de Carajás.

Agência CNM, com informações do Ibama e ICMBio


Notícias relacionadas