Home / Comunicação / Pregão Eletrônico gera economia de R$ 7,9 bilhões ao governo federal; Municípios também podem economizar

Notícias

06/03/2015

Compartilhe esta notícia:

Pregão Eletrônico gera economia de R$ 7,9 bilhões ao governo federal; Municípios também podem economizar

O governo federal conseguiu economizar R$ 7,9 bilhões apenas ao utilizar o pregão eletrônico nas compras públicas. A modalidade foi empregada em 33,8 mil processos licitatórios, com um gasto total de R$ 37,8 bilhões. Os dados são do Sistema de Compras do governo federal, o Comprasnet. Assim com a União, os governos municipais também podem ter esta economia.

Criado pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), o CidadeCompras é um sistema eletrônico que permite procedimentos licitatórios, nas modalidades de Pregão Eletrônico e Presencial. Ele pode ser usado para aquisição de bens e serviços comuns, da mesma forma que o governo federal optou.

O CidadeCompras oferece um tratamento diferenciado às cooperativas, empreendedores individuais, micro e pequenas empresas, para que eles possam participar das licitações em quaisquer modalidades. O sistema foi desenvolvido em respeito às caracteristas da administração pública municipal. Assim como o Comprasnet do governo federal, o CidadeCompras atende todas as legislações pertinentes às compras públicas. Atualmente mais de 700 Municípios utilizam o sistema. Todos juntos conseguiram uma economia de R$ 36 milhões.

Transparência
Na opinião do governo federal, além da economia, o pregão eletrônico é vantajoso por proporcionar maior transparência ao processo de compras. Todas as etapas do processo podem ser acompanhadas em tempo real no Portal de Compras do Governo Federal.

Conheça o CidadeCompras

 

 


Notícias relacionadas