Home / Comunicação / Produção da safra de grãos deve ser 9,2% menor no próximo ano

Notícias

13/12/2017

Compartilhe esta notícia:

Produção da safra de grãos deve ser 9,2% menor no próximo ano

A safra brasileira de cereais, leguminosas e oleaginosas deve ser uma 9,2% menor em 2018, do que a produção deste ano. A estimativa foi divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta terça-feira, 12 de dezembro. Também com previsão negativa, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) publicou atualização da estimativa para a colheita.

As estimativas do IBGE indicam que três dos principais produtos devem apresentar quedas na produção na próxima safra: arroz em casca, -8%; milho em grão, -15,9%; e soja em grão, -5,9%. São esperadas altas na produção de algodão herbáceo (4,5%) e de feijão em grão (4,1%).

Em relação 2016, espera-se que este ano seja encerrado com crescimento de 30,2% da safra: 241,9 milhões de toneladas, ou 56,1 milhões de toneladas a mais do que no passado. Dentre as principais lavouras, a soja deve fechar 2017 com uma alta de 19,4%, o arroz com um crescimento de 17,4% e o milho com aumento na produção de 55,2%.

Já os números da Conab indicam safra prevista de 226,5 milhões de toneladas, ou seja, 4,7% inferior aos 237,7 milhões de toneladas de grãos colhidos na safra 2016/2017. A área total plantada pode chegar a 61,5 milhões de hectares, um aumento de 0,9% em comparação à última safra.

Alta justificada pelo incremento da produção de feijão preto, de algodão e, principalmente, de soja, cuja maior liquidez e rentabilidade motivou os agricultores a plantar cerca de 1 milhão de hectares a mais que na safra de 2016/2017.

Com informações da ABr


Notícias relacionadas