Home / Comunicação / Rede de Municípios Doadores será tema destaque no Diálogo Municipalista de Goiás

Notícias

27/07/2017

Compartilhe esta notícia:

Rede de Municípios Doadores será tema destaque no Diálogo Municipalista de Goiás

Nos dias 1º e 2 de agosto, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) vai realizar, em parceria com a Federação e a Associação Goiana de Municípios (FGM e AGM), na cidade do Goiás (GO), o primeiro seminário temático do V Diálogo Municipalista. O encontro terá como tema Ações Sociais Municipalistas e um dos destaques será o lançamento da Rede de Municípios Doadores, às 9 horas do segundo dia de evento.

Preocupada com o desenvolvimento dos complexos processos da política de Saúde, a Confederação avaliou as dificuldades e as oscilações que os bancos de sangue vivem em todo país. Após inúmeras pesquisas, foi possível identificar que os potenciais doadores de sangue, assim como os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), enfrentam a ausência de referências quanto às informações, principalmente porque a estruturação das Redes é organizada em nível estadual, com hemocentros coordenadores instalados normalmente nas capitais.

Destaca-se que, em alguns casos, esses centros não possuem sites institucionais, o que dificulta a comunicação da demanda, a chamada à doação e até mesmo parâmetros e contextos de vida que tornam apta uma pessoa a doar. Esse vazio de informações tem relação direta com a qualificação dos processos de captação de doadores e sangue.

Assim, considerando a extrema importância dessa política e a responsabilidade de cada cidadão, a CNM desenvolveu o site www.doadores.cnm.org.br. Além do portal, a entidade vai lançar no Diálogo Municipalista o aplicativo para uso no celular. A ferramenta tem por objetivo, além de reunir as informações que foram encontradas fragmentadas, incentivar o gestor municipal a participar da Rede mobilizando cidadãos e servidores à doação de sangue, especialmente em situações críticas, quando os estoques dos bancos de sangue atingem a insuficiência.

Para discutir essa política de saúde fundamental, o painel de divulgação da Rede de Municípios Doadores contará com a presença do diretor do Hemocentro de Goiás, Mauro Silva, e com o presidente da FGM, Haroldo Naves. É neste momento que destacaremos a necessidade de operacionalização, estruturação e financiamento para aqueles Municípios que ofertam o serviço ou que desejam implantá-lo. A medida vai possibilitar que os gestores sejam destaque não só por uma boa gestão financeira, mas também pelas ações humanitárias e essenciais que desenvolveram, garantindo a vida e a atenção integral ao usuário do SUS com participação ativa na estruturação da Política Nacional de Sangue e Hemoderivados.

 


Notícias relacionadas