Home / Comunicação / Secretário explica ações que aumentaram significativamente o Turismo na serra gaúcha

Notícias

29/11/2017

Compartilhe esta notícia:

Secretário explica ações que aumentaram significativamente o Turismo na serra gaúcha

Um modelo de gestão que atraiu mais de 3 milhões de turistas em 11 meses. Essas foram as palavras iniciais do Secretário de Turismo de Canela, Ângelo Sanches, em sua participação no Diálogo Municipalista e no IV Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial de Foz do Iguaçu nesta quarta-feira, 29 de novembro. O representante municipal explicou o trabalho de preparação desenvolvido na cidade para receber viajantes de várias partes do mundo.

Sanches contou que tudo começou com a busca de parcerias firmadas com o Ministério do Turismo, com a iniciativa privada e com a conscientização da própria população local sobre a importância da sua participação na divulgação de pontos turísticos e no atendimento qualificado aos visitantes. Segundo ele, essas iniciativas não trouxeram nenhum impacto financeiro para a cidade de Canela. “Não gastamos nada com esses trabalhos. Fizemos diversos mutirões que envolveu a comunidade de tal maneira que tinha mais gente do Município do que os funcionários públicos”, disse.

O trabalho de sensibilização da comunidade também abrangeu os futuros representantes de Canela: as crianças. Nesse contexto, o secretário revelou algumas ações que são feitas corriqueiramente com os jovens do Município. “Uma vez por mês levamos as crianças para conhecer os pontos turísticos da cidade. Tudo de graça. Elas ficam conscientes dos atrativos e propagam o Turismo”, destacou.

Rota das Missões
O secretário executivo da Fundação Missões, Marcos Matos, abordou sobre projetos em andamento especialmente os integrados com o Mercosul. Ele elencou atividades desenvolvidas na internacionalização do caminho das Missões no Brasil, Argentina e Paraguai.

Projetos de divulgação das Missões em jornais, revistas e eventos também foram promovidos pela Fundação. Essa iniciativa teve entre os seus pontos principais com a visita do Papa Francisco à região. “Conseguimos incluir as Missões como destino religioso do Vaticano”, ressaltou. Outro ponto de destaque foi a liberação de recursos em Brasília no valor de R$ 81 milhões que serão investidos na construção de uma ponte internacional também nas Missões.
Serpro

O painel ainda teve a participação do representante do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), Anderson Germano. Na oportunidade, ele explicou sobre o funcionamento de ferramentas que podem ser utilizadas pelos Municípios. Entre elas, ICS nuvem, Serpro Drive e o Serpro mail.

O 4º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas Turística e Patrimônio Mundial é promovido pela CNM em parceria com a Organização das Cidades Brasileiras Patrimônio Mundial (OCBPM) e conta com o apoio institucional da prefeitura de Foz do Iguaçu e com apoio financeiro da Caixa Econômica Federal, da Editora Positivo, do Sistema de Ensino Aprende Brasil, da Itaipu Binacional e governo federal. Além disso, conta com o apoio institucional do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), da Associação dos Municípios do Paraná (AMP) e da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA).

 

 


Notícias relacionadas