Home / Comunicação / Urbem: gestores podem obter todas as informações sobre o sistema durante a Marcha

Notícias

23/03/2016

Compartilhe está notícia:

Urbem: gestores podem obter todas as informações sobre o sistema durante a Marcha


Um sistema para auxiliar as Prefeituras no planejamento e na tomada de decisão foi desenvolvido pela Confederação Nacional de Munícios (CNM), e pode ser implantado em qualquer administração municipal que tenha o mínimo de recursos tecnológicos. Os gestores interessados em conhecer melhor a ferramenta – Urbem – terão a oportunidade de acessar todas as informações durante a XIX Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

De 9 a 12 de maio, paralelo as atividades do evento municipalistas nacional, a equipe do Urbem estará disponível para atender os gestores interessados em conhecer o sistema. Assim como ocorreu todos os anos, está prevista – pela organização da Marcha – toda uma estrutura de apresentação do software de gestão e de atendimento aos representantes da administração local.

Criado em 2004, com o objetivo de suprir algumas necessidades comuns dos Municípios, o sistema tem registrado crescimento, reconhecimento e inovação ao longo dos anos. Reduzir custos da máquina pública, inovar os procedimentos de gestão por meio da tecnologia e padronizar e simplificar atos das Prefeituras são algumas das finalidades do Urbem. Pelas informações que chegam a CNM, os objetivos foram alcançados. Como pode se comprovar durante evento ocorrido em Manaus (AM), em 2014.

Depoimento
O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE), Alípio Reis, recomendou aos gestores presentes o uso da ferramenta. Sua apresentação confirmou a eficiência e do sistema criado pela CNM. Na ocasião, o representante do órgão de controle contou que fez diversas pesquisas sobre a Modernização da Gestão Pública, e que após colocar o Urbem a prova a prova, comprovou a lisura e os benefícios o software.

Além da facilidade de acesso, a ferramenta também promove o cumprimento de legislações vigentes nas Prefeituras, principalmente a Lei da Transparência 131/2009, que estabelece normas de finanças públicas voltadas à responsabilidade na gestão fiscal.

Faça já sua inscrição para Marcha e saiba mais sobre o Urbem

Notícias relacionadas