Home / Comunicação / Agosto Lilás fecha o mês do Bate-Papo com a CNM

Notícias

26/08/2022

Compartilhe esta notícia:

Agosto Lilás fecha o mês do Bate-Papo com a CNM

WhatsApp Image 2022 08 24 at 09.47.11Nesta última sexta-feira do mês de agosto, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) trouxe para o Bate-Papo com a CNM as ações implementadas pelos Municípios durante o Agosto Lilás. Durante todo o mês foi tratado o tema do combate à violência contra a mulher como forma de sensibilizar e dar voz às mulheres municipalistas que estão, por meio de seus cargos, sendo verdadeiras agentes de transformação para outras mulheres.

Um levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública traz que em 2021, o número de violência letal contra as mulheres contabilizou 1.319 mulheres vítimas de feminicídio e 56.098 estupros (incluindo vulneráveis), apenas do gênero feminino. Durante a pandemia, entre março de 2020 e dezembro de 2021, foram 2.451 feminicídios e 100.398 casos de estupro e estupro de vulnerável de vítimas do gênero feminino. Os dados levam em consideração os boletins de ocorrência das Polícias Civis das 27 Unidades da Federação.

O que fazer para reduzir os casos de violência contra a mulher na localidade? No Município de Astorga (PR), por exemplo, implementou diversas ações para dar voz às mulheres. Entre elas, segundo a prefeita Suzie Pucillo, a implementação de grupos de estudos e acompanhamento. “Para fortalecer a mulher, para que ela não fique dependente e nem sofra mais a violência doméstica. Além disso, encaminhar as mulheres para a rede de acompanhamento para fortalecê-las e dar voz a elas que se calaram por anos”, disse.

Mas para algumas mulheres, acessar a rede de políticas públicas estruturadas ainda é um desafio. Pensando nisso, o Município de Goiás (GO) encontrou alternativas para encurtar caminhos, conforme reforçou a vereadora do Município, Elenizia da Mata. “Nós lançamos o aplicativo Mulheres Empreendedoras de GoyAZ. Parece que elas estão entrando para comprar algo, mas elas têm a oportunidade de, dentro do aplicativo, acessar os serviços disponíveis na rede de atenção à mulher em situações de violência”, completou.

A CNM busca apoiar os Municípios em ações e exemplos que possam ser implementados pela gestão local. Além disso, na Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios de 2017 foi lançado o Movimento Mulheres Municipalistas (MMM), que tem como meta tem como meta principal unir prefeitas, vice-prefeitas, vereadoras e secretárias municipais na luta pela pauta municipalista e pela maior inserção das mulheres na política e no poder. Para lembrar o Agosto Lilás, a CNM iluminou o prédio da sede, em Brasília, nas cores da campanha.

Sobre o Bate-Papo com a CNM
O Bate-Papo com a CNM é um canal feito para aproximar a entidade de você, gestor municipal. As nossas transmissões acontecem sempre nas sextas-feiras, às 10 horas, pelas redes sociais. Neste mês completamos seis anos de transmissão. Neste período foram cerca de 300 transmissões ao vivo, mais de um milhão e 500 mil visualizações com orientações sobre as mais diversas temáticas da administração local.

E nós queremos te ouvir. Caso tenha alguma dúvida ou sugestão, envie um e-mail para nós: batepapo@cnm.org.br.

Confira como foi o Bate-Papo com a CNM:

Por: Lívia Villela
Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas