Home / Comunicação / Agrobusiness será debatido nos Seminários Técnicos do dia 29 de março

Notícias

22/03/2022

Compartilhe esta notícia:

Agrobusiness será debatido nos Seminários Técnicos do dia 29 de março

Divulgação/ Agência CNMGestores municipais que desejam saber mais sobre o chamado agrobusiness, que é o conjunto de negócios relacionados à agricultura e pecuária do ponto de vista econômico, no aspecto local, não podem perder os Seminários Técnicos da área de Desenvolvimento Rural marcado para o dia 29 de março. Com o tema Impactos do Agro na arrecadação tributária municipal – desafios e oportunidades para os gestores, o evento on-line está com inscrições abertas.

Promovido pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), com objetivo de debater a agropecuária nacional, consolidada como importante motor da economia e responsável por 23% do Produto Interno Bruto (PIB) e pelo equilíbrio da balança comercial brasileira. O valor bruto da produção agropecuária em 2021 somou R$ 1,12 trilhão, gerando um efeito positivo na renda das famílias e comércio.

Diante desses números, a Confederação apresentará estratégias de planejamento para a retomada da economia, a partir da produção rural. Tais orientações podem ser aplicadas para nortear ações voltadas ao fortalecimento da atividade. Com previsão de abertura às 9h e término às 16h30, o evento contará com a participação de técnicos e especialistas da CNM e representantes do governo, como o secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SAF/Mapa), Márcio Cândido.

Programação
A nova identificação dos agricultores familiares, o Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF), também será abordado durante a programação. Outros aspectos importantes também podem ser conferidos, dois quais se destacam: o Plano Municipal de Desenvolvimento Rural (PMDR), o Plano Safra agrícola-pecuário (2021/2022), a importância de fomentar o Turismo Rural e a Agroindustrialização (SIM, Selo Arte).

Os participantes vão poder sanar dúvidas sobre políticas públicas de fomento aos produtores rurais e exigências do Mapa para convênios e contratos de repasse, além de dicas para credenciar o Ente municipal de modo a emitir o CAF. Certificado que é porta de entrada para as políticas públicas de apoio e incentivo à produção agrícola familiar.

Os interessados devem promover inscrição, quanto antes, pois as vagas são limitadas!

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas