Home / Comunicação / Após abertura emocionante, Encontro das Cidades Históricas destaca necessidade de valorização

Notícias

25/02/2016

Compartilhe esta notícia:

Após abertura emocionante, Encontro das Cidades Históricas destaca necessidade de valorização

Ag. CNMCom emocionante apresentação cultural de dança maranhense e discursos que ressaltaram a necessidade de fortalecer as gestões locais e de criar uma agenda comum, a sessão solene de abertura do 2.º Encontro Brasileiro das Cidades Históricas, Turísticas e Patrimônio Mundial ficará para a história municipalista. Com recorde de público, a segunda edição do evento teve início na noite desta quarta-feira, 24 de fevereiro, em São Luiz (MA), com a participação de representantes dos governos federal, estadual e municipal. 

O evento organizado pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) – com apoio do governo do Maranhão, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e outros entidades parceiras – contou com a presença de quase 500 pessoas em sua cerimônia de abertura. Representando o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, o presidente da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece), Expedito José do Nascimento, ressaltou a relevância da iniciativa, na perspectiva de discutir e incentivar as políticas públicas para o desenvolvimento das cidades históricas e culturais brasileiras, além de fomentar a preservação e o investimento nesses Municípios que são verdadeiros tesouros nacionais. 

Ag. CNMOs demais discursos, no geral, também ressaltaram a necessidade de priorizar investimento para as cidades que são patrimônio nacional e mundial. Essas localidades são referencial e devem ser tratadas como tal, tanto em relação a desenvolvimento de projetos como no acesso a verba para iniciativas. Nesse sentido, a CNM esclareceu que o evento servirá também para reflexão sobre quais ações estão em desenvolvimento e quais políticas devem ser implementadas. 

Discursos
“Nesses três dias intensos de atividades, teremos a oportunidade de compartilhar boas práticas de sucesso desenvolvidas em outras cidades históricas do Brasil e do mundo, aprender com elas e replica-las de acordo com as nossas peculiaridades”, ressaltou o secretário de Cultura e Turismo do Maranhão, Diego Galdino. Já, o secretário-executivo do Ministério do Turismo, Alberto Alves, destacou os bons exemplos de preservação a serem divididos. “Este é um momento ímpar, onde as cidades poderão compartilhar seus casos de sucesso e buscar caminhos para desenvolvimento deste importante segmento turístico”. 

Gestor local
Para o prefeito de São Luís, Edvaldo Holanda Junior, sediar o evento é uma oportunidade de partilhar o projeto que o Estado tem para o Centro Histórico, vislumbrando um quadro de avanços, dentre eles o financiamento e tratativas para as questões sociais de ocupação e habilitação, afim de promover estas cidades.  O assessor da Presidência do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Marco Antônio Lomanto, destacou: “o País possui uma diversidade enorme de patrimônio histórico, capaz de atrair turistas do mundo inteiro, que buscam a cultura como principal motivação”. 

Por fim, o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Edilson Baldez, falou sobre o papel das instituições públicas e privadas para o fortalecimento turístico e econômico. “É claro que temos problemas de preservação. Mas é em eventos como este, que unem o poder público com a iniciativa privada, que avançamos nessas questões”. 

Ag. CNMDebate
Com objetivo de tratar das estratégias e ações para o desenvolvimento sustentável das cidades históricas e turísticas do país, o Encontro tem programação extensa nesta quinta e sexta-feira, 25 e 26 de fevereiro. Um dos grandes destaques da programação ocorreu na parte da manhã desta quinta, painel que tratou do Programa de Aceleração do Crescimento para as Cidades Históricas (PAC-CH). Além de debater dados da verba efetivamente liberada para essas localidades, a plenária também destacou que é fundamental colocar o discurso em prática para que o benefício na cultura e no Turismo realmente aconteça. 

Leia também: Encontro das Cidades Patrimônio Mundial começa com credenciamento e solenidade de abertura 

Mais informações aqui


Notícias relacionadas