Home / Comunicação / Araripina e Santo Tirso avançam em cooperação internacional para criar museu ao ar livre em Pernambuco

Notícias

01/08/2019

Compartilhe esta notícia:

Araripina e Santo Tirso avançam em cooperação internacional para criar museu ao ar livre em Pernambuco

Foto: IUC-LACRepresentantes de Araripina (Pernambuco-Brasil) e Santo Tirso (distirto do Porto-Portugal) se reuniram, novamente, em julho, para dar sequência ao plano de ação entre os dois Municípios – como parte do Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC-LAC), da União Europeia. A iniciativa, da qual a Confederação Nacional de Municípios (CNM) é parceira, visa a promover o desenvolvimento sustentável e a conservação ambiental em ambos os lados do Atlântico.

Entre as propostas do plano entre as duas cidades está a implementação de um museu de escultura ao ar livre em Araripina. Por isso, o diretor do Museu Internacional de Escultura Contemporânea e chefe do departamento de Museus e Patrimônios da prefeitura de Santo Tirso, Álvaro Moreira, e o artista e professor da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto Samuel Silva visitaram o Município pernambucano, após convite do prefeito, José Raimundo Pimentel.

Na ocasião, foi formalizado o intercâmbio para criar o museu no Parque Waldomiro Lacerda. O Museu Internacional de Escultura Contemporânea de Santo Tirso é, hoje, uma referência no panorama artístico internacional. Assim, a presença do diretor do local foi primordial para dar as diretrizes do projeto.

A programação incluiu visita à Escola Municipal Luzanira Ramos, onde mais de 50 alunos, sob orientação da comitiva do programa, desenharam e deram sugestões para um monumento – que será construído no parque – a fim de representar a união entre as duas cidades. A proposta vencedora foi da aluna Tainá Mirele, do 9º ano.

Foto: IUC-LAC

"O envolvimento dos alunos contribui para despertar nas crianças a capacidade de sonhar com um Município que também tenha a cara deles e o valor de estabelecer vínculos com pessoas de outros lugares no mundo. Isso permite uma expansão na forma de olhar o mundo, além de ser divertido", avalia a gerente de cooperação internacional de cidades no programa IUC-LAC Tatiane de Jesus.

Atividades em Araripina
Além disso, os portugueses conheceram mais da história de Araripina, do patrimônio histórico e de trabalhos feitos no Município em prol do turismo e do desenvolvimento de pequenas empresas, assim como o incentivo a artesãos locais. Eles participaram ainda da VI Reunião do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente e ministram uma palestra aos conselheiros.

Ao fim do encontro, a comitiva e o prefeito de Araripina visitaram o parque ecológico que receberá o museu, passando pelo viveiro de mudas e a trilha. No passeio, o grupo identificou o local onde será alocada escultura feita pelo artista português Samuel Silva.

Na sexta-feira, 26 de julho, os representantes encerraram a progrmaação apresentando as conclusões da semana de trabalho e da proposta de implementação do museu. Em seguida, foram ao Parque Ecológico do Araripe (Geopark do Araripe), que fica a 144 quilômetros, no Município de Crato, no Ceará. No local, conheceram o processo de formação geológica da região da Chapada do Araripe.

Cooperação
O Programa Internacional de Cooperação Urbana (IUC) tem como objetivo apoiar cidades em diferentes regiões do mundo para conectar e compartilhar soluções para problemas comuns em relação ao desenvolvimento urbano sustentável e à luta contra as mudanças climáticas.

A CNM ressalta que a cooperação internacional permite aos gestores locais conhecerem experiências e soluções implementadas por seus pares em outros países. Possibilita, ainda, o estabelecimento de parcerias que contribuam para o desenvolvimento de ações inovadoras e complementares às políticas existentes.

Da Agência CNM de Notícias, com informações da IUC-LAC
Fotos: IUC-LAC


Notícias relacionadas