Home / Comunicação / Aroldi reforça a importância da pauta municipalista durante abertura dos Novos Gestores - região Sul

Notícias

27/01/2021

Compartilhe esta notícia:

Aroldi reforça a importância da pauta municipalista durante abertura dos Novos Gestores - região Sul

27012021 AroldiAo abrir o Seminário Novos Gestores da região Sul, nesta quarta-feira, 27 de janeiro, o presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, destacou os principais pontos da pauta municipalista nacional e a sua importância para promover o desenvolvimento na ponta.

Aroldi elencou como prioridade temas que dialoguem com a atual realidade que o país atravessa. “As dificuldades de assumirmos os nossos Municípios no contexto atual é muito grande, por isso trataremos neste evento de temas e ações essenciais para a gestão municipal, em todas as áreas. Precisamos estar alinhados para levar a nossa pauta junto ao governo, ao Congresso e ao Supremo Tribunal Federal. Teremos muitos desafios durante os próximos quatro anos”, explicou.

Durante a plenária, o líder municipalista falou sobre a pauta e o movimento municipalista. “Nós nos articulamos com todos os Poderes sempre defendendo a pauta municipalista. O nosso movimento tem uma estrutura no Brasil, na América Latina e no mundo. Aqui no Brasil, a nossa estrutura é alicerçada nos 5.568 Municípios brasileiros e em mais de 196 entidades microrregionais.”

O presidente Aroldi destacou as conquistas da pauta municipalista. “Levamos ao Congresso Nacional vários documentos e propostas em benefício dos Entes locais. A maioria dessas propostas aconteceu por força do Congresso Nacional e pela concordância do governo federal, mas quero registrar a atuação dos deputados e deputadas, senadores e senadoras do Sul do Brasil, pois todos eles nos ajudaram e entenderam a dificuldade do momento e conseguiram construir soluções para fazer acontecer”.

Durante a sua fala, Aroldi listou algumas conquistas da CNM, como os adicionais de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de julho e dezembro. Ele aproveitou para chamar os gestores a se envolverem na luta para que haja mais um repasse extra de 1%, em setembro. “Vamos juntos buscar mais essa conquista para os Municípios do nosso País. A atuação forte da CNM é a marca das conquistas do movimento municipalista”, reforçou. Conheça outras conquistas da CNM em 2020. Acesse: http://www.li.cnm.org.br/r/TuyOCN

O presidente também lembrou dos avanços durante a pandemia do novo coronavírus. “De março a dezembro de 2020 tivemos várias conquistas, foram 66,8 bilhões de reais transferidos aos Municípios brasileiros. Só na saúde nós tivemos R$ 26,6 bilhões; na cultura foi R$ 1,5 bilhão, além de todos os outros ganhos nas áreas diversas”, lembrou o líder municipalista.conquistas

Aroldi lembrou da importância das reivindicações para as conquistas locais. “A CNM orgulha-se de ter iniciado, incentivado, viabilizado e liderado lutas e reivindicações que resultaram em diversas conquistas para os Municípios. Essas conquistas representam não somente mais recursos, mas principalmente o aperfeiçoamento da gestão municipal e a melhoria da qualidade de vida da população”, pontuou.

O líder municipalista analisou as dificuldades da gestão local durante a pandemia, projetou os desafios e destacou o agravamento das dificuldades da gestão local com as sucessivas quedas na arrecadação por conta do cenário de anormalidade e a demanda reprimida nas áreas de Assistência Social, Saúde e Educação.

Para ele, o panorama é crítico e os novos prefeitos terão de ser bastante cautelosos em todas as suas decisões na administração municipal. “Nenhuma geração de prefeitos no Brasil enfrentou o que os prefeitos que entregaram o mandado agora enfrentaram, mas isso infelizmente não acabou com o encerramento dos mandatos. Os atuais prefeitos vão enfrentar uma situação que só a geração que entregou o mandato enfrentou, causada pela pandemia”, disse.

Por fim, Aroldi colocou a Confederação à disposição dos prefeitos eleitos e reeleitos do Sul nos próximos quatro anos. “Nós vamos caminhar de mãos dadas com vocês nos próximos quatros anos e enfrentando as dificuldades, que não serão poucas, e celebrando cada conquista que também virão. Contem com a gente, com nossos parceiros e equipes para oferecer condições mínimas para vocês realizarem boas gestões e assim proporcionar qualidade de vida para a população. Estaremos sempre atentos permanentemente defendendo os interesses dos Municípios”, concluiu.

Mobilizações
“Somos uma frente direta aos interesses dos Municípios. Não importa as condições, estaremos mobilizados aos interesses locais. Faça chuva ou faça sol nós estaremos na linha de frente”, reiterou ao relatar algumas das grandes mobilizações com os Três poderes. “Quero relembrar com vocês a nossa força quando nos reunimos para mostrar ao governo a importância dos Municípios e para fazer frente contra trecho da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 188/2019, do novo pacto federativo, que previa a extinção de 1.252 Municípios”, relembrou Aroldi.

Mobilização“Sempre que uma proposta que prejudica ou beneficia os Municípios estiver acontecendo, a gente vai convocar os nossos companheiros para que a nossa pauta seja atendida e a nossa voz seja ouvida”, afirmou.

Os Seminários Novos Gestores encerram amanhã, 28 de janeiro, depois de várias edições com as regiões Sudeste, Norte, Centro-Oeste e Nordeste. Ao final desta edição, as prefeituras filiadas terão acesso a todo conteúdo ministrado, que será disponibilizado na área de Conteúdo Exclusivo, no site da CNM.

Acompanhe a programação completa desses dois dias de evento no site oficial

Por: Priscila Honda
Da Agência CNM de Notícias 


Notícias relacionadas