Home / Comunicação / Brasil assina acordo internacional para reduzir mortes no trânsito

Notícias

01/08/2018

Compartilhe esta notícia:

Brasil assina acordo internacional para reduzir mortes no trânsito

Trânsito - IcetranReduzir pela metade o índice de mortes no trânsito no país em 10 anos. Essa é a meta do acordo internacional celebrado entre o Instituto Tellus e o governo brasileiro, representado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), ligado ao Ministério das Cidades. A assinatura do documento foi realizada nesta segunda-feira, 30 de julho.

O evento contou com a presença do presidente da Federação Internacional do Automóvel (FIA) e enviado especial da Organização das Nações Unidas (ONU) para Segurança Viária, Jean Todt, e do embaixador da FIA para Segurança Viária, o piloto brasileiro de Fórmula 1, Felipe Massa.

Vítimas do trânsito
Atualmente, 40 mil cidadãos brasileiros morrem em decorrência de acidentes no trânsito. Já o custo social e econômico supera o número de mortes, pois o quantitativo de sequelas pode representar três vezes o valor dos óbitos.

A meta inicial é padronizar as informações dos órgãos federais, estaduais e municipais e criar um banco de dados unificado. Entre as medidas a serem implementadas, consta o diagnóstico nacional das fontes de dados de segurança viária.

É importante destacar que o aperfeiçoamento na sistematização dos dados, da coleta e dos indicadores disponibilizará maior poder de decisão ao gestor na elaboração e na manutenção das políticas públicas.

Histórico
A minuta da cooperação técnica para implementar o Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (Pnatrans) foi aprovada no início deste ano. O tema também foi pauta do movimento municipalista na campanha da Semana Nacional de Trânsito de 2017.


Notícias relacionadas