Home / Comunicação / Campanha Interiorização + Humana é lançada durante a XXII Marcha

Notícias

09/04/2019

Compartilhe esta notícia:

Campanha Interiorização + Humana é lançada durante a XXII Marcha

090419 InteriorizacaoA iniciativa é uma soma de esforços entre Confederação Nacional de Municípios (CNM), governo federal e Organização das Nações Unidas (ONU) e tem como finalidade promover uma interiorização com maior humanidade, com inserção social e profissional, possibilitando aos refugiados e aos migrantes oportunidades de recomeço.

O 1º vice-presidente da CNM, Julvan Lacerda, lembrou que a CNM já deu início à campanha, contratando duas venezuelanas para seu quadro de funcionários. “Hoje a gente faz esse painel do lançamento da campanha, que é um momento de grande relevância por ser uma ação humanitária em que o Brasil busca parceria com os Municípios. Inclusive, alguns Municípios já recebem esses venezuelanos que estão em busca de socorro e que nós temos a oportunidade de estender a mão para recebê-los”, disse.

Já o representante da Casa Civil, Fernando Moura, enalteceu o trabalho da Confederação e reforçou que os imigrantes somam mais de cinco mil venezuelanos. “É um esforço grande que tem sido feito desde que começou a crise no país vizinho. Temos feito o possível junto aos outros órgãos. E a CNM vem realizando um trabalho incansável junto aos Municípios”, complementou. Moura finalizou agradecendo aos Municípios que já acolheram os refugiados.

Por fim, o coordenador-residente da Organização das Nações Unidas (ONU) no Brasil, Niky Fabiancic, apontou as principais dificuldades encontradas pelos venezuelanos ao entrar no país, elogiando a atuação do Brasil. “Dentre as necessidades identificadas, destacam-se acesso ao território, documentação, serviço de saúde, alimentação e interiorização. A resposta exemplar dada pelo Brasil tem sido abrangente”, finalizou.

A atuação dos prefeitos também foi lembrada pelo representante do Pnud. “O Brasil é um país generoso, por isso, gostaria de agradecer aos prefeitos das cidades que já acolheram e fazer um apelo aos demais a apoiarem essa causa, buscando a integração das pessoas no país”, completou.

A Confederação convida todos os Municípios a participarem da campanha para que, voluntariamente, acolham esses migrantes.

Por: Lívia Villela
Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas