Home / Comunicação / Cinco Municípios vão receber R$ 4 milhões em projeto-piloto do governo federal contra a criminalidade

Notícias

29/08/2019

Compartilhe esta notícia:

Cinco Municípios vão receber R$ 4 milhões em projeto-piloto do governo federal contra a criminalidade

Valter Campanato/Agência BrasilCinco Municípios – Ananindeua (PA), Goiânia (GO), Paulista (PE), Cariacica (ES) e São José dos Pinhais (PR) – receberão um total de R$ 20 milhões em projeto-piloto de segurança pública do governo federal denominado Em Frente, Brasil. O programa foi lançado nesta quinta-feira, 29 de agosto, no Palácio do Planalto.

O objetivo do novo programa é enfrentar a criminalidade violenta por meio de forças-tarefas e ações conjuntas. Cada cidade receberá R$ 4 milhões para financiar as atividades ao longo dos próximos seis meses. Os gestores municipais assinaram, durante a cerimônia de lançamento, protocolo de intenção para o início da primeira fase do projeto.

De acordo com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, os Municípios que integram o projeto-piloto não são os mais violentos do país, mas registraram números absolutos de homicídios consideráveis nos últimos anos. O projeto foca em crimes violentos, como homicídios, feminicídios, estupros, latrocínios e roubos. Baseados em diagnóstico e índices de criminalidade, as cidades serão atendidas com atuação transversal e multidisciplinar de iniciativas nas áreas da educação, saúde, habitação, emprego, cultura, esporte e programas sociais.

A primeira fase do projeto-piloto, batizada de "choque de segurança", inclui o emprego de diferentes forças policiais – federal, civil e militar. O objetivo, no curto prazo, é reduzir os índices de criminalidade. As metas serão definidas a partir da elaboração de um plano local de segurança para cada Município. Também na cerimônia, o Ministério da Cidadania anunciou a entrega, para cada um dos cinco Municípios, de um micro-ônibus da rede de assistência social, para auxiliar nas ações integradas.

Da Agência CNM de Notícias, com informações da Agência Brasil
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil


Notícias relacionadas