Home / Comunicação / CNM alerta gestores em caso de recebimento de ligações supostamente do Cadin

Notícias

14/05/2019

Compartilhe esta notícia:

CNM alerta gestores em caso de recebimento de ligações supostamente do Cadin

14052019 atencao CNMAtenção, municipalistas! A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta os gestores municipais sobre a possiblidade de receber ligações de pessoas se identificando como funcionários Banco Central do Brasil que operam o Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin). O Município de Alto Feliz, no Rio Grande do Sul, entrou em contato com a entidade nesta terça-feira, 14 de maio, para denunciar uma suposta tentativa de golpe na Secretaria de Fazenda.

O secretário de Fazenda do Município, Fernando Quirino, disse que recebeu a ligação de uma pessoa que se identificou como advogada e trabalhava com o Cadin. Segundo o Secretário, ela informou o número do registro de OAB e comunicou que o Município de Alto Feliz estava inscrito no Cadin por possuir pendências com uma empresa de telefonia. O Secretário desconfiou e pesquisou o número do registro da OAB fornecido na ligação.

Ele conseguiu o contato com a advogada detentora do registro, mas foi informado por ela que pessoas não autorizadas estariam usando a numeração desse registro. O secretário também ligou para a empresa de telefonia que garantiu não existir nenhuma pendência do Município. Depois dessas informações, o secretário registrou ocorrência.

O Cadin é um banco de dados que contém os nomes das pessoas físicas e jurídicas que sejam responsáveis por dívidas vencidas e não pagas a órgãos e entidades da Administração Pública Federal, direta e indireta. Nesse entendimento, a CNM ressalta que nenhum funcionário do Banco Central responsável pelo Cadin entra em contato telefônico com os Municípios. Dúvidas sobre a consulta ao Cadin podem ser esclarecidas aqui

Da Agência CNM de Notícias

 


Notícias relacionadas