Home / Comunicação / CNM apresenta resultados em encerramento da campanha Lixo Zero: um desafio para todos

Notícias

15/06/2018

Compartilhe esta notícia:

CNM apresenta resultados em encerramento da campanha Lixo Zero: um desafio para todos

15062018 logo lixo zeroOs desafios dos governos locais sobre a destinação adequada dos resíduos sólidos foram abordados pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) ao longo das últimas duas semanas. A entidade encerra nesta sexta-feira, 15 de junho, a campanha Municípios Lixo Zero: um desafio para todos e destaca iniciativas que foram promovidas como forma de conscientizar a redução da produção e o consumo de produtos descartáveis.

A campanha foi lançada no dia 5 de junho em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. Na mesma data, a CNM participou em Brasília da abertura do Congresso Internacional Lixo Zero. A entidade foi representada pelo diretor-executivo Gustavo Cezário e debateu as dificuldades dos Municípios na gestão dos resíduos sólidos.

Os colaboradores da Confederação também foram mobilizados durante a campanha. Eles receberam da entidade informações sobre a prática correta da destinação de resíduos por meio de uma palestra ministrada pela consultora da área de Meio Ambiente Claudia Lins e por de membros de cooperativas de catadores. A CNM firmou parceria para coletar todos os resíduos produzidos na XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios que ocorreu em maio.

Acordo de cooperação
A campanha seguiu com outra ação importante para os Municípios. O presidente da CNM, Glademir Aroldi, assinou no Ministério do Meio Ambiente um acordo de cooperação técnica para capacitar os Municípios na regionalização da gestão de resíduos sólidos. A ideia da parceria possibilita compartilhar aterro sanitário e minimizar os custos da operacionalização.

Contudo, o acordo também abordará consórcios de gestão voltados para a região amazônica, pois o compartilhamento de aterro sanitário não é viável na região, mas há Municípios que estudam compartilhar equipe técnica para operacionalizar o aterro.

Boas práticas
Ações exitosas desenvolvidos pelo movimento municipalista foram pontos fortes da campanha. Um deles diz respeito à própria sede da CNM. O projeto de construção da edificação em Brasília foi pensado em estratégias de sustentabilidade que estão aliadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). O prédio conta com um sistema de coleta de águas pluviais, que, após captadas, são tratadas e encaminhadas para os espelhos d’água. O recurso ainda passa por novo tratamento para utilização nas descargas dos mictórios e vasos sanitários.

A água contida neste reservatório também é utilizada para irrigação de jardins, além ser uma reserva para combater incêndios. A estratégia proporcionou a diminuição no porte da caixa d'água e gerou economia. Os Municípios também destacaram boas práticas que podem servir de modelo para outras cidades foram apresentados pela Confederação.

Ao longo da mobilização, os Municípios apresentaram experiências exitosas em compostagem, unidades de tratamento e disposição final de resíduos sólidos, consórcios públicos e parcerias com cooperativas de catadores de material reciclável. Todas as ações da CNM na campanha podem ser conferidas no Observatório dos Lixões. Clique aqui para acessar.


Notícias relacionadas