Home / Comunicação / CNM destaca, no Monitor, o desafio da mobilidade urbana

Notícias

29/09/2021

Compartilhe esta notícia:

CNM destaca, no Monitor, o desafio da mobilidade urbana

banner 360x360Em meio aos efeitos negativos causados pela maior crise sanitária já enfrentada pelos Municípios brasileiros, os principais problemas da mobilidade urbana se ampliaram, com efeitos que podem permanecer no pós-pandemia. Esse cenário desafiador é retratado em profundidade por um estudo da Confederação Nacional de Municípios (CNM). O trabalho, destaque da edição 16 do Monitor, o Boletim das Finanças Municipais, que acaba de ser publicado, mostra os desafios que a mobilidade enfrenta, em âmbito socioeconômico, devido às mortes e às sequelas do trânsito, o aumento com as despesas de transporte coletivo e ações para estímulo ao transporte ativo. O estudo chama atenção, por exemplo, que as medidas protetivas reduziram a circulação em 50% no 1º semestre de 2020, mas as internações relacionadas ao trânsito diminuíram apenas 4,1% e no ano o número de mortes nas rodovias se manteve estável.

No espaço de Entrevista, o coordenador do Programa de Mobilidade Urbana do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), Rafael Calabria, alerta: "O problema financeiro é o mais urgente, pois o transporte público é oneroso para o orçamento municipal".

Nas páginas centrais, o Monitor traz a arrecadação nos três primeiros bimestres de 2021 de quatro tipos de tributo: o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), o Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), o Imposto Sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e o Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF).

Eudes Missio observa algumas iniciativas em metrópoles de diferentes regiões que buscaram novas formas e fontes para financiar a mobilidade. É o caso de administrações municipais que tributaram receitas de estacionamentos e o transporte por aplicativos e exploraram a concessão das paradas de ônibus.

Em sua coluna, Eduardo Stranz aborda outro lado da questão da mobilidade: o meio ambiente, com o cada vez mais questionado uso de combustíveis poluentes.

Para completar, o Monitor destaca entre os conteúdos especiais oferecidos pela CNM informações sobre a Política Nacional de Mobilidade Urbana e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

A edição 16 do Monitor, o Boletim das Finanças Municipais, está disponível na Biblioteca do Portal CNM para ser baixada.

Baixe o Monitor na Biblioteca do Portal da CNM AQUI.  

Da Agência CNM de Notícias

 

 

 


Notícias relacionadas