Home / Comunicação / CNM e Congemas reforçam importância de pauta da Assistência Social

Notícias

30/10/2018

Compartilhe esta notícia:

CNM e Congemas reforçam importância de pauta da Assistência Social

Ag CNMAlertar e buscar soluções acerca da perda de recursos em todos os serviços relacionados à Assistência Social nos Municípios. Com esse objetivo, técnicos da Confederação Nacional de Municípios (CNM) receberam representantes do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) na sede da entidade nesta terça-feira, 30 de outubro.

“Essa reunião prima que se traga a CNM para a luta da recomposição orçamentária de 2018, a garantia de 2019 para a política de 2019”, reforça a presidenta do Congemas, Andreia Lauande. Números apresentados na reunião mostram que, se nada for feito, mais de oito mil Centros de Referência de Assistência Social (Cras) podem ter o funcionamento comprometido, o que resultaria em, no mínimo, uma unidade do Centro fechada em cada Município.

Outros problemas causados pela falta de recurso seriam o comprometimento do funcionamento de mais de 500 abrigos para Crianças e Adolescente, afetando mais de 200 mil pessoas; o funcionamento de quase dois mil abrigos para idosos, com 50 mil vagas; além de mais de 200 centros de atenção a pessoas idosas ou com deficiência.

“A gente entende que a CNM é uma forte parceira para a chegar mais perto dos prefeitos para que possamos ter uma interlocução mais direta, trazendo para as agendas municipais, aos gestores municipais, uma clareza maior sobre a política pública de Assistência Social. Então, por conta da equipe técnica da CNM, a gente consegue ter esse apoio, conseguimos pensar nesses materiais, pensar na comunicação mais apropriada e mais próxima”, diz a representante do Congemas.

As técnicas da Confederação, Rosângela Ribeiro e Tallyta Costa, ressaltaram que a CNM acompanha de perto a situação e já tem elaborado documentos e pesquisas sobre o assunto. Participaram ainda da reunião o supervisor da área de desenvolvimento social da CNM, Denilson Magalhães, a 1ª secretária do Congemas, Edilene Alves, além do secretário executivo do Congemas, Wagner Gomes.

“Com os prefeitos, nós gostaríamos de reforçar para que tragam para a agenda pública, entendam mais, se apropriem mais do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e vejam a dimensão e alcance político que essa pasta tem e, em especial, as ameaças que ela vem sofrendo agora”, enaltece Launade.

Por: Lívia Villela
Foto: Agência CNM
Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas