Home / Comunicação / CNM faz mapeamento das medidas estaduais para enfrentar os impactos do coronavírus no setor cultural

Notícias

25/03/2020

Compartilhe esta notícia:

CNM faz mapeamento das medidas estaduais para enfrentar os impactos do coronavírus no setor cultural

25032020 ContadoresdeHistoria

O risco de transmissão do novo coronavírus (Covid-19) tem motivado os Estados a adotarem ações para proteger os cidadãos e evitar a proliferação da Covid-19. Na área da Cultura, como tem sido amplamente divulgado pela mídia, foram publicados decretos determinando o fechamento de equipamentos culturais e o cancelamento de eventos artístico-culturais e demais atividades realizadas pelos órgãos gestores estaduais de cultura como forma de diminuir o risco de transmissão.

Diante dessa necessidade que vem gerando diversas consequências para o setor cultural, a área técnica de Cultura da Confederação Nacional de Municípios (CNM) fez um mapeamento que explicita as medidas tomadas até então pelos governos estaduais para minimizar os impactos negativos da pandemia na área da Cultura.

As iniciativas atingem dois grupos. Agentes culturais locais que podem se inscrever para participar das oportunidades oferecidas por secretarias estaduais de cultura. E demais cidadãos dos Municípios, que poderão acessar virtualmente e de forma gratuita diversos conteúdos culturais, diretamente de suas casas. As ações servem também de inspiração para os Municípios que estão buscando maneiras de superar os desafios colocados pelo novo coronavírus no âmbito da gestão pública de cultura.

Além de disponibilizar na internet diversos conteúdos culturais por meio da campanha #CulturaemCasa, a Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo instituiu uma linha de crédito para capital de giro voltada às empresas paulistas do setor cultural.

A Secretaria de Estado da Cultura do Maranhão lançou o edital Viva a Cultura 2020 para selecionar apresentações culturais de artistas maranhenses, em formato digital, que serão disponibilizadas a partir do dia 28 de março nas redes sociais da secretaria e do governo do estado. Os interessados podem se inscrever até o dia 24 de março por meio de formulário eletrônico.

Outras oportunidades

Na mesma linha de atuação, a Secretaria de Estado de Cultura do Pará lançou edital de credenciamento para o Festival Te Aquieta em Casa, que pretende selecionar conteúdos culturais em formato digital nas áreas de teatro, dança, música, contação de histórias, artes visuais, artesanato e expressões culturais populares, afro-brasileiras, indígenas e oriundas de comunidades tradicionais. Os artistas paraenses interessados podem se inscrever até o dia 30 de março pelo e-mail artedigitalsecultpa@gmail.com.

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro lançou o projeto Histórias por Telefone que está convocando voluntários para ler poemas, contar histórias e bater um papo por telefone com fluminenses – sobretudo idosos - que estão em isolamento social. Os artistas interessados em ligar e os cidadãos que desejarem receber ligações podem se inscrever por meio de formulário eletrônico.

Plataformas digitais

Além dessas iniciativas, os Estados também estão disponibilizando conteúdos culturais em suas plataformas digitais. Conheça a relação dos materiais:

- Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas;

- Secretaria de Cultura do Estado da Bahia;

- Secretaria da Cultura do Estado do Ceará;

- Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo;

- Secretaria de Estado de Cultura de Goiás;

- Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer de Mato Grosso;

- Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais;

- Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura do Paraná;

- Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco;

- Secretaria de Estado da Cultura do Rio Grande do Sul.

Compartilhamento de ações

O seu Município fechou equipamentos culturais ou cancelou eventos artístico-culturais por conta do coronavírus? Compartilhe com a área técnica de Cultura da CNM as medidas que a gestão pública de cultura do seu Município está adotando para superar os atuais desafios enfrentados pelo setor cultural.

Da Agência CNM de Notícias
Foto: Ministério da Educação


Notícias relacionadas