Home / Comunicação / CNM inicia nova etapa da Rede de Municípios Doadores

Notícias

07/03/2019

Compartilhe esta notícia:

CNM inicia nova etapa da Rede de Municípios Doadores

Livia VilelaUma nova etapa do projeto Rede de Municípios Doadores se inicia. Nesta quinta-feira, 7 de março, representantes da Confederação Nacional de Municípios (CNM) estiveram reunidos com a presidente da Fundação Hemocentro de Brasília, Bárbara de Jesus Simões, para apresentar o projeto para o Distrito Federal, com o objetivo de viabilizar uma parceria com a Fundação.

“Nós desenvolvemos um aplicativo e queremos implementar no país a Rede de Municípios Doadores. É um aplicativo para telefone celular que monitora o estoque de sangue, cadastra o Hemocentro, os Municípios e os doadores. No caso do Distrito Federal, como não tem Municípios, a ideia é cadastrar as Regiões Administrativas (RAs) que serão responsáveis pela captação, mobilização e transporte de doadores”, explicou o Supervisor do Núcleo de Desenvolvimento Social, Denilson Magalhães.

Através do aplicativo, o Hemocentro pode acionar a administração regional, que, por sua vez, vai mobilizar as pessoas para doação de sangue. O doador cadastrado recebe um alerta no celular e confirma o agendamento pelo aplicativo para a ação. Além disso, é possível que a administração regional disponibilize o transporte e o agendamento, solicitando que o doador se inscreva no veículo disponível também pelo aplicativo.

arte CNM“Nós gostaríamos de parabenizar a iniciativa de vocês e o esforço da preparação de todo material e estratégia. Precisamos estar nesse link permanente com o doador, lembrando que toda doação tem que ser voluntária. Essa estratégia da gente estar lembrando o doador é um exercício que não acaba nunca”, complementou a presidente da Fundação Hemocentro de Brasília, Bárbara de Jesus Simões.

Ao fim, Bárbara reforçou que o próximo passo da Fundação será fazer uma avaliação do aplicativo e da documentação apresentada pela Confederação. “Nós vamos avaliar a ferramenta. Vejo pontos positivos de aproximação com a população e com as diretorias das regionais de saúde”, finalizou.

Na reunião, esteve presente também a consultora da CNM Mariana Barreto, que coordena a operacionalização das atividades do Projeto Rede de Municípios Doadores.

Rede
A Rede de Municípios Doadores foi elaborada pela CNM, preocupada com as dificuldades e as oscilações que os bancos de sangue públicos vivem em todo país. O objetivo principal da Rede é contribuir para o aumento das doações de sangue por meio de um processo de comunicação e interação entre hemocentros, gestores municipais e doadores.

Conheça o Projeto e venha fazer parte da Rede de Municípios Doadores.

Por: Lívia Villela
Fotos: Lívia Villela
Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas