Home / Comunicação / CNM lança ranking dos Municípios agropecuários durante a XXIII Marcha

Notícias

28/04/2022

Compartilhe esta notícia:

CNM lança ranking dos Municípios agropecuários durante a XXIII Marcha

52035801566 f391d05b0f cA Confederação Nacional de Municípios (CNM) acredita que o papel promotor econômico da agropecuária nos Municípios brasileiros, em especial os de pequeno porte, deve ser acompanhado e apoiado pela gestão municipal, objetivando a geração de empregos e o incremento na arrecadação. Nesse contexto, a CNM elaborou o Índice de Desenvolvimento da Agropecuária Municipal (Idam) para apoiar os gestores no planejamento e na organização das ações municipais de incentivo ao desenvolvimento da produção rural e fez o lançamento deste ranking na manhã desta quinta-feira, 28 de abril, durante a XXIII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios.

“O agro é a vocação do Brasil e a principal vocação de grande parte dos Municípios do Brasil. Cada gestor municipal precisa mostrar o valor disso para agregar ao Município. Não precisa desprender muito investimento, basta fazer a gestão, mostrar as dezenas de programas de incentivo à agropecuária”, destacou o consultor de desenvolvimento rural da CNM, Mário Nascimento, durante a apresentação do Índice.
O agronegócio representa hoje 23% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, o que tem gerado desenvolvimento econômico para o país, além de garantir a balança comercial positiva. No ano passado, o valor bruto da produção agropecuária foi de aproximadamente R$ 1,12 trilhão, gerando renda e movimentando o comércio nos Municípios.

Idam
O Idam é uma ferramenta para avaliação da atividade agropecuária na economia municipal, visando ao desenvolvimento municipal sustentável construído a partir de uma série de indicadores para medir o grau do desenvolvimento das atividades ligadas ao campo. Esse índice, ao avaliar a atividade rural, configura-se como uma ferramenta de apoio à gestão, capaz de evidenciar as prioridades municipais e situar as municipalidades em relação a outros Municípios como características semelhantes a um cenário futuro desejável. O desenvolvimento é entendido como o crescimento equilibrado da produção, da geração de emprego e de empresas voltadas para o agro, do investimento e da arrecadação municipal.

O Idam foi concebido a partir dos esforços da CNM para elaboração do Índice de Desenvolvimento Municipal Sustentável (IDMS) e leva em conta a necessidade de construir condições adequadas para a promoção do desenvolvimento da atividade rural, a partir da melhoria da realidade de quatro dimensões básicas do desenvolvimento rural sustentável.

Na composição do Idam, foram levantados dados municipais com divulgação anual visando permitir acompanhar ao longo do tempo a atividade rural dos Municípios. Esses dados foram distribuídos dentro de quatro dimensões do índice. O ranking apresentado tem como principal inovação a inclusão de dimensões como a arrecadação, a contratação de crédito e a geração de emprego, quando geralmente os Municípios do agronegócio são classificados levando apenas em consideração os Valores Brutos da Produção com base na Produção Agrícola Municipal (PAM/IBGE). O Idam de 2022 é baseado em dados municipais do ano de 2019.

O analista técnico em desenvolvimento rural da CNM, Osni Rocha, destacou a importância da ferramenta para auxiliar na gestão municipal. “Ao mesmo tempo, nós sabemos que não basta apenas ter uma alta produtividade, é preciso verificar o todo, como a geração de empregos para os cidadãos. As empresas precisam estar regularizadas, é preciso levar em consideração a arrecadação municipal que o agro traz para os Municípios”, apontou.

Para ter acesso ao ranking completo e verificar qual a realidade do seu Município, clique aqui

Por: Victor Gomes

Foto: Rufino/Agência CNM

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas