Home / Comunicação / CNM marca presença em debate sobre eficiência energética, com foco em moradia social

Notícias

13/06/2019

Compartilhe esta notícia:

CNM marca presença em debate sobre eficiência energética, com foco em moradia social

Ag. CNMAnálise energética integral dos ciclos de vida dos edifícios, no âmbito do projeto Eficiência Energética para o Desenvolvimento Urbano Sustentável – Foco: Habitação Social (Eedus). Esse foi o tema de um debate promovido nesta quarta-feira, 12 junho, por entidade nacional e internacional, em que a Confederação Nacional de Municípios (CNM) marcou presença. As áreas técnicas e Planejamento Territorial e Habitação e Trânsito e Mobilidade representaram a entidade municipalista no evento.

A agenda foi promovida pela parceira da Secretaria Nacional de Habitação (SNH) do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) com a Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) –Agência Alemã de Cooperação Internacional, em português. Durante as atividades, ganhou destaque a apresentação dos avanços da análise energética de edificações, considerando desde a extração da matéria prima até a demolição, por exemplo, a energia embutida e energia operacional; transporte para aprimorar os atuais normativos.

Vale destacar que na terceira fase do Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), iniciada em 2015, foram implementadas medidas passivas nas moradias da Faixa 1. Dentre elas: geometria dos prédios, materiais de construção, isolamento térmico, sombreamento e utilização de solução inovadoras de energias renováveis que demonstraram potencial para o aumento da eficiência energética em políticas federais de moradia social.

Avanços
Conforme avaliação das técnicas da CNM Karla França e Luma Costa, os avanços são positivos, uma vez que o aprimoramento de estratégias pode trazer melhoria das condições de conforto ambiental e eficiência energética nas moradias que atendem a população de baixa renda vinculadas ao PMCMV. Além disso, a identificação de potencialidades para a integração entre as ações de eficiência energética em diversos setores é fundamental para a implementação de uma política de eficiência energética no Brasil, que exige a consolidação de parcerias do setor público com o setor privado e a participação social são imprescindíveis.

De acordo com as representantes da CNM, mais três debates sobre a temática ainda estão previstos nos próximos meses. Os próximos serão: Cálculo Dinâmico de custos na construção civil, no dia 14 de agosto; Operação e Manutenção de Edifícios, no dia 12 de setembro; e Gestão de Inovação e melhoria contínua na construção civil, todos com foco em moradia social para aprimorar os normativos da política de habitação, ainda sem data.

Saiba mais sobre a temática aqui

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas