Home / Comunicação / CNM parabeniza Amosc pelos 52 anos de atuação no movimento municipalista

Notícias

13/02/2020

Compartilhe esta notícia:

CNM parabeniza Amosc pelos 52 anos de atuação no movimento municipalista

DivulgacaoConstituída em 11 de fevereiro de 1968 para representar os 34 Municípios do Estado de Santa Cataria, a Associação dos Municípios do Oeste de Santa Catarina (Amosc) completou nessa semana 52 anos de atuação no movimento municipalista. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) parabeniza a entidade foi a terceira instituição municipalista criada em território catarinense para congregar os entes públicos municipais.

A Amosc foi criada com o objetivo de atuar nas frentes de: reivindicar obras e programas de amplitude regional; defender os interesses comuns da microrregião; qualificar os servidores públicos municipais nas áreas estratégicas; e prestar serviços técnicos de média e alta complexidade.

Atualmente a microrregional congrega os Municípios de Águas de Chapecó, Águas Frias, Arvoredo, Caxambu do Sul, Chapecó, Cordilheira Alta, Coronel Freitas, Formosa do Sul, Guatambu, Irati, Jardinópolis, Nova Erechim, Nova Itaberaba, Pinhalzinho, Planalto Alegre, Quilombo, São Carlos, Santiago do Sul, Serra Alta, Sul Brasil e União do Oeste. Juntas, essas comunidades ocupam território de 2.955 quilômetros quadrados e abrigam 307.939 pessoas.

História
A primeira grande campanha foi deflagrada em novembro de 1968 e buscava a implantação da rodovia federal BR 282 no grande Oeste, obra que consolidou a definitiva integração territorial catarinense. A entidade tornou-se, desde sua origem, o principal fórum de debates e estudos regionais, marcando tendências através de suas posições e assinalando conquistas de elevado sentido público através de suas reivindicações.

O fortalecimento e o aumento das áreas e subáreas de sua atuação exigiram a construção de uma sede física, inaugurada em agosto de 1973. Foi a primeira associação de Municípios do Brasil a possuir sede própria, ampliada em 1987 e atualmente com espaço físico de 744 m².

Para gerir e operar a estrutura municipalista polarizada, a associação investe em recursos humanos. Para capacitar, atualizar e reciclar os servidores públicos ao exercício das atividades cada vez mais complexas da esfera municipal. Neste sentido, a AMOSC promove, anualmente, ciclos de estudos que representam dezenas de cursos de alto nível e permitem requalificar centenas de funcionários. Os cursos abrangem todas as áreas da Administração municipal e refletem-se direta ou indiretamente na melhoria dos serviços prestados à população.

A CNM reforça que a atuação da microrregional fortalece o movimento municipalista e complementa as ações desenvolvidas em âmbito nacional pela Confederação. O apoio da Amosc em ações, como o CNM Qualifica, mostram que a parceria entre as entidades tem o potencial de melhorar a autonomia dos Municípios e a qualidade de vida dos cidadãos que neles vivem.

Da Agência CNM de Notícias, com informações da Amosc

 


Notícias relacionadas