Home / Comunicação / CNM participa de Reunião do Conselho Nacional de Turismo para tratar de ações do pós pandemia

Notícias

14/12/2021

Compartilhe esta notícia:

CNM participa de Reunião do Conselho Nacional de Turismo para tratar de ações do pós pandemia

image 1A Confederação Nacional de Municípios (CNM) participou nesta terça-feira, 14 de dezembro, da Reunião do Conselho Nacional de Turismo, que foi realizada no Ministério do Turismo e contou com a presença do ministro do Turismo, Gilson Machado, do presidente da Embratur, Carlos Brito, e dos demais membros do Conselho Nacional de Turismo. A entidade municipalista foi representada pela equipe técnica de turismo.

Na oportunidade foram divulgadas ações desenvolvidas pelo Ministério no ano de 2021 e que foram importantes para a retomada do Turismo nesse cenário de enfrentamento da pandemia de Covid-19, como a utilização de selos de segurança; a revitalização do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) com crédito para retomada do Turismo; o avanço nas negociações para execução de cruzeiros fluviais e as promoções internacionais realizadas pela Embratur.

Outro assunto importante tratado na reunião foi a abertura de cadastro dos Municípios para participação do Mapa do Turismo, que atendeu a uma demanda encaminhada pela CNM. A entidade enviou ofício e participou de diversas reuniões com a pasta federal para tratar do tema. A portaria consolida e atualiza as normas sobre o Programa de Regionalização do Turismo, a Categorização dos Municípios do Mapa do Turismo Brasileiro e o Mapa do Turismo Brasileiro, além de estabelecer os critérios, as orientações, os compromissos, os procedimentos e os prazos para a composição do programa.

A equipe técnica de turismo da CNM ressaltou as ações desenvolvidas pela área em prol dos Municípios turísticos ao longo do ano de 2021 e entregou ao ministro a Carta de São Luís, documento produzido ao final do 8º Encontro Brasileiro de Cidades Históricas Turísticas e Patrimônio Mundial, que foi realizado no Município de São Luís, capital do Maranhão. 

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas