Home / Comunicação / CNM participa de webinário sobre a implementação da Agenda 2030 no Brasil

Notícias

29/04/2021

Compartilhe esta notícia:

CNM participa de webinário sobre a implementação da Agenda 2030 no Brasil

29042021 Agenda2030Debates sobre a Implementação da Agenda 2030 no Brasil - avanços e limitações ocorrem a partir das 10h da próxima quinta-feira, 6 de maio, durante webinário promovido pela Universidade de Brasília (UnB) e contará com a participação da Confederação Nacional de Municípios (CNM). Interessados em acompanhar o evento podem realizar a pré-inscrição aqui.

Dentro dessa temática, os participantes irão abordar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e o contexto do Brasil diante dos desafios propostos pela Agenda 2030. A CNM será representada pela colaboradora da área de Estudos Técnicos e pesquisadora do projeto Mandala ODS, Alessandra Ferreira. O painel também contará com a participação de representantes do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O evento será transmitido ao vivo pelo canal do YouTube do CEAM. Os debates fazem parte das Políticas Públicas para o Desenvolvimento do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento, Sociedade e Cooperação Internacional (PPGDSCI/CEAM) da UnB.

Mandala e Agenda 2030
A Mandala ODS é uma ferramenta institucional e intuitiva da CNM que oferece um primeiro panorama ao gestor municipal por meio de indicadores do cenário dos ODS no Município a fim de auxiliar no alcance dos ODS no Ente local. A implementação da Agenda 2030 é uma estratégia de ação que reúne organizações da sociedade civil, do setor privado, de governos locais e da academia, a fim de ampliar o debate a respeito dos ODS, além de mobilizar, discutir e propor meios de implementação efetivos pela promoção do desenvolvimento sustentável.

Os ODS representam o Plano de Ação da Agenda 2030, demandando um esforço conjunto para a construção de um futuro inclusivo e resiliente, ou seja, duradouro.

ODS e a pandemia
Segundo o Relatório de Metas de Desenvolvimento Sustentável 2020 lançado pela Organização das Nações Unidas em 2020, a pandemia interrompeu abruptamente a implementação de muitos dos ODS e, em alguns casos, gerou um retrocesso de décadas de progresso. No aspecto social, as projeções indicam que a pandemia impactou o retorno de 71 milhões de pessoas à pobreza extrema em 2020, sendo o primeiro aumento mundial desde 1998.

No ano passado, a crise sanitária também limitou o acesso à alimentação e impacta a morte de milhares de crianças menores de cinco anos. Além disso, cerca de 70 países relataram interrupções consideradas de moderadas a graves ou suspensão total dos serviços de vacinação infantil durante março e abril de 2020.

O cenário agravou a economia, com quedas de receitas no comércio mundial que variaram entre 13% e 32% e o investimento estrangeiro direto diminuiu em até 40%. As remessas para países com rendas consideradas médias e baixas sofreram queda de 20% no ano anterior.

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas