Home / Comunicação / CNM recomenda inscrição de projetos habitacionais no concurso de práticas inspiradoras

Notícias

18/01/2018

Compartilhe esta notícia:

CNM recomenda inscrição de projetos habitacionais no concurso de práticas inspiradoras

habitacaoA Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa aos gestores que estão abertas até o dia 1º de fevereiro as inscrições para o concurso de práticas inspiradoras. A iniciativa, que tem como tema A moradia no centro da Nova Agenda Urbana, visa identificar projetos inspiradores que promovam o acesso à moradia e habitat adequado para os cidadãos.

Os gestores públicos municipais podem apresentar projetos, empreendimentos, intervenções ou regulações. Além de terem sua prática reconhecida, há a possibilidade de o Município ter a ação replicada em outros países, a depender da realidade urbana. O concurso também permite a participação de setores como o privado e a sociedade civil a apresentarem boas práticas sobre o tema.

Os projetos poderão ser traduzidos em língua espanhola de acordo com sete categorias. Dentre elas, estão marcos normativos e arranjos institucionais para a Nova Agenda Urbana; políticas, mitigação e adaptação e resiliência das habitações diante das mudanças climáticas e desastres naturais e a moradia como instrumento de inclusão e desenvolvimento econômico. Ao todo, a comissão organizadora vai selecionar 25 projetos a serem divulgados durante uma cerimônia do III Fórum de Moradia e Habitat. O evento será realizado na cidade de Santo Domingo, na República Dominicana, entre os dias 12 a 14 de junho.

Na ocasião, os responsáveis dos projetos selecionados e ganhadores serão convidado para participarem de diversas sessões de intercâmbio e terão seus projetos integrados a uma publicação e a uma exposição. Além disso, estão previstas concessões de bolsas para que os representantes das práticas ganhadoras possam participar do Fórum.

Plataforma Global de Habitação

Uma coalização de mais de 50 organizações com grande representatividade mundial na temática de moradia vinculadas ao desenvolvimento sustentável se reuniu nos últimos dois anos para desenvolver uma plataforma virtual.

Articulada com a implementação da Nova Agenda Urbana e da Agenda 2030, a plataforma, (conhecida como Urban Housing Practitioner’s Hub, UHPH na sigla em inglês) ainda está em desenvolvimento e atua na gestão de conhecimento para a temática moradia na América Latina e Caribe.

A CNM participa desse processo e apoia a iniciativa por entender que o assunto é central para as ações integradas no território. O entendimento de moradia no centro compreende a moradia para além da construção de casas e visa a compreensão e aprimoramento de políticas públicas, marcos jurídicos e promoção ao desenvolvimento sustentável que priorize os cidadãos e seus direitos rumo ao fortalecimento dos princípios da Nova Agenda Urbana.

Clique aqui para mais informações e regras para envio do projeto. Saiba mais sobre o III Fórum Latinoamericano e do Caribe de Moradia e Hábitat.


Notícias relacionadas