Home / Comunicação / CNM volta a debater aumento de verba para custeio do Samu com Ministério da Saúde

Notícias

02/07/2021

Compartilhe esta notícia:

CNM volta a debater aumento de verba para custeio do Samu com Ministério da Saúde

02072021 SAMU PREFEITURA DE APARECIDA GONa manhã desta sexta-feira, 2 de julho, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) voltou a se reunir com o Ministério da Saúde e representantes de consórcios municipais para debater repasses ao Serviços de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A entidade, que participou recentemente de audiência na Câmara sobre o tema, destaca a defasagem de valores e o crescimento da demanda.

Por isso, o objetivo dos encontros é discutir a possibilidade de promover reajustes nos repasses mensais aos Samus municipais. A defasagem estimada nos valores é de 78%. O pleito é para um incentivo financeiro de custeio específico para o Samu, no âmbito do enfrentamento à pandemia da Covid-19 em 2021, além da promoção de reajustes orçamentários para 2022.

Com o objetivo de subsidiar a pauta e justificar o pleito, consórcios públicos estão produzindo um estudo que comprove esta defasagem de aporte de recursos para custear o serviço nos Municípios brasileiros. Para auxiliá-los, a CNM coleta dados sobre os saldos das contas dos Municípios que têm o Samu sob sua gestão.

Para tratar da demanda, a CNM, ao lado da Rede Nacional de Consórcios Públicos (RNCP), do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) e de diversos representantes de consórcios públicos, tem participado de uma série de encontros com o Ministério da Saúde.

Leia também
CNM participa de audiência pública na Câmara sobre repasses para o Samu

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas