Home / Comunicação / Temperaturas elevadas e formação de El Niño, a primavera chegou no Brasil

Notícias

26/09/2018

Compartilhe esta notícia:

Temperaturas elevadas e formação de El Niño, a primavera chegou no Brasil

Pref. Varginha (MG)A primavera começou este ano no Brasil no sábado, dia 22 de setembro, às 22h53, com temperatura elevada em diversas regiões. A estação, que vai até dia 21 de dezembro, às 20h22, deve ser mais quente, com menos chuvas e com grande possibilidade de influência do El Niño, um fenômeno meteorológico que provoca o aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico. As previsões foram divulgadas por prognóstico climático do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Durante a estação ocorre a transição entre as estações seca e chuvosa no setor central do Brasil e que define a qualidade do período chuvoso sobre as regiões Centro-Oeste, Sudeste e a parte centro-sul da Região Norte. A previsão do Inmet aponta que a chuva no Sul deve ser acima da média, nos três Estados. Em contrapartida, o Sudeste deve registrar temperaturas acima da média e chuvas abaixo. Há exceção para algumas áreas, como São Paulo, onde pode ocorrer chuvas fortes.

A maioria dos modelos dinâmicos e estatísticos, gerados pelos principais centros internacionais de Meteorologia, indica probabilidade superior a 60% que se desenvolva um novo episódio de El Niño do final da primavera para o início do verão. “Entretanto, caso haja uma confirmação do fenômeno, provavelmente este será de curta duração e intensidade baixa ou moderada”, aponta o prognóstico.

Para a região Norte, a previsão é de menos chuvas no meio norte do Pará, de Roraima e do Amapá, durante outubro e dezembro. Já na parte oeste do Amazonas, de Roraima, do Acre e de Rondônia, bem como o extremo sul do Pará, haverá possibilidade de chuvas acima da média. As temperaturas serão de normal a acima da média. O Nordeste também deve registrar chuvas abaixo da média. Ag. CNM

Volume
Segundo boletim climático Agro - Primavera 2018, do Climatempo, para este mês, ainda tem previsão de muita chuva no Rio Grande do Sul e na parte oeste de Santa Catarina e do Paraná. A previsão, inclusive, é de que essas chuvas atrapalhem os trabalhos com o trigo, o milho e a soja. Em volume menor, também deve chover em outras áreas do Sul, em Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Rondônia.

No entanto, os produtores devem ficar atentos, porque essa chuva não vai ter continuidade, não indica o início do período chuvoso e não chega a umedecer o solo de verdade. O órgão indica ainda que o El Niño está em formação e o final do ano o fenômeno estará em plena forma. “Mas o Pacífico se aquecendo já traz as anomalias climáticas para o Brasil, e uma delas é o atraso do período úmido”, indica o Climatempo ao afirmar que El Niño já deve estar se estabelecendo de fato e o tempo segue mais seco e mais quente que o normal em grande parte do país.

Da Agência CNM de Notícias, com informações do Inmet e do Climatempo


Notícias relacionadas