Home / Comunicação / Confederação publica dicas para estruturação do Turismo na alta estação

Notícias

13/01/2021

Compartilhe esta notícia:

Confederação publica dicas para estruturação do Turismo na alta estação

07052017 Turismo Vinho Casa Civil RSA liberação da retomada gradual e segura de algumas atividades turísticas e o início da alta temporada que também marca o período de férias de muitos viajantes tende a ser fundamental para os Municípios que têm o Turismo como um dos pilares da sua economia. Para auxiliar os entes locais, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) selecionou dicas importantes que possam contribuir com a boa estruturação do setor nas cidades com potencial turístico.

A CNM destaca que o Turismo é um grande negócio se trabalhado adequadamente. Com pouco investimento, é possível fomentar a atividade com a criação de novos roteiros e atrativos e também se reinventando para melhorar os existentes. Em 2019, o Turismo representou 8% do Produto Interno Bruto (PIB) e gerou 7 milhões de empregos, o que ajudou a fortalecer a sua cadeia produtiva ( bares, restaurantes, hotéis, pousadas, transportes, comércio em geral e uma lista enorme de serviços relacionados).

O setor é basicamente uma atividade de prestação de serviços e colabora para envolver a produção e consumo de bens e serviços ao movimentar outros setores da nossa economia. Com a Covid-19, os Municípios precisaram se reestruturar para minimizar os efeitos da pandemia e o setor começou a dar sinais de retomada das atividades. Por isso, é necessário que o Município se prepare para receber o turista de maneira segura, eficiente, com qualidade e a CNM lista algumas recomendações que podem ser seguidas pelos gestores:

- Devido a Covid-19, os Municípios precisam instituir protocolos de segurança adequados às realidades locais, desde os ambientes por onde transitam os turistas até os atrativos administrados pelo Município. A divulgação dos protocolos deve ser feita de forma clara e abrangente, em especial nos equipamentos e atrativos turísticos.
- É fundamental que o Município fortaleça o Conselho Municipal de Turismo e por meio dele incentive os estabelecimentos turísticos a adotarem os protocolos de segurança específicos para cada localidade.
- Seguir as regras básicas é prioridade. Garantir a higiene do local é fundamental, assim como exigir o uso de máscaras e equipamentos de segurança individuais pelos visitantes e colaboradores. Opte por deixar os ambientes arejados e evite o uso de ar condicionado. Reduza a capacidade para garantir o isolamento social, ofereça locais específicos e adequados para o descarte de máscaras descartáveis. Priorize também o uso de QR Code nos estabelecimentos. O Ministério do Turismo disponibiliza dicas sobre os protocolos para os prestadores de serviços turísticos. Saiba mais aqui.  
- Verifique se o seu Município está em região de risco para a dengue e informe no site da prefeitura sobre o uso de repelentes, bem como disponibilize a rede de hospitais para atender o turista. Sobre esse assunto, o gestor pode consultar mais informações no hotsite da CNM.
- Adote as práticas verdes definidas conjuntamente pelos ministérios do Meio Ambiente e do Turismo. As Pastas possuem o programa Passaporte Verde que orienta em relação a essas ações.
- Incentive o cadastramento dos prestadores de serviços no Cadastur. Isso também pode ajudar o Município a subir de categoria no Mapa do Turismo Brasileiro.
- Não se arrisque. Fiscalize a prestação de serviços turísticos. Lembre-se de que a imagem do seu Município está em jogo.
- Fique de olho nos casos de exploração de crianças e adolescentes. Divulgue no seu Município as campanhas contra a exploração sexual de crianças e adolescentes. Como exemplo, pode ser utilizada a campanha do Ministério do Turismo www.turismo.gov.br e a divulgação do Disque 100, da Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos. O serviço funciona 24 horas.

Mais informações sobre a retomada e outras ações que possam impulsionar o Turismo podem ser conferidas nas cartilhas elaboradas pela CNM e disponíveis na Biblioteca Digital da entidade. Tem alguma dúvida? Entre em contato com a área técnica de Turismo da CNM pelo e-mail: turismo@cnm.org.br.

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas