Home / Comunicação / Conquistas da Marcha marcam encerramento dos Novos Gestores – Edição Norte e Centro-Oeste

Notícias

22/01/2021

Compartilhe esta notícia:

Conquistas da Marcha marcam encerramento dos Novos Gestores – Edição Norte e Centro-Oeste

22012021 AroldiNo último painel dos Seminários Novos Gestores – Edição Norte e Centro-Oeste, os prefeitos eleitos conheceram um dos momentos de demonstração da força do movimento municipalista, que se reúne anualmente na capital federal para a Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. O presidente da Confederação Nacional de Municípios (CNM), Glademir Aroldi, explicou como nasceu a maior mobilização da América Latina e as conquistas alcançadas com a união de todos ao longo das décadas.

Por conta da pandemia, a edição de 2020 foi cancelada. O evento retorna ao calendário municipalista neste ano, com a realização da XXIII Marcha entre os dias 4 e 7 de outubro. A escolha para o segundo semestre foge da tradição (o evento costuma ser promovido em maio), porém, a mudança foi necessária para reunir condições de acomodação dos participantes que viajam à Brasília em busca de melhorias para os Municípios.

“Nós tínhamos programado para o mês de maio, mas chegamos à conclusão de que ainda não teremos as condições sanitárias para a realização de um evento dessa proporção. Então tomamos a decisão de realizar na primeira semana de outubro. Reservem essas datas na agenda. A participação de vocês será decisiva e muito importante para nós”, explicou o líder municipalista.

Conquistas
Aroldi enfatizou que a Marcha é um evento único e está entre as maiores mobilizações do movimento municipalista brasileiro e do continente. Como resultado de tanto empenho dos prefeitos e outros agentes municipais de todo o país, o presidente da CNM lembrou vitórias expressivas alcançadas em edições anteriores, entre elas, repasse adicional de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), recursos da cessão onerosa e negociação das dívidas previdenciárias.

“Muitas conquistas ocorreram por conta da realização da Marcha. É o maior evento em número de autoridades da América Latina. A Marcha e as mobilizações são as maiores demonstrações de pressão política em defesa do municipalismo. Por isso, a presença de vocês é muito importante nesse diálogo com os três Poderes. E também é um momento de capacitação”, ressaltou.

Cartilhas
Ao final da edição dos Novos Gestores com os prefeitos do Norte e do Centro-Oeste, o presidente da CNM informou que eles terão materiais de apoio produzidos pela entidade com orientações sobre o novo mandato e fez um agradecimento pelos dois dias de dedicação de cada representante do Executivo municipal.

“Todos vocês gestores que participaram do evento irão receber a coleção Novos Gestores 2021-2024. São 23 cartilhas tratando de temas que irão ajudar muito o dia a dia de cada gestão. Quero agradecer a participação de cada um de vocês. Em nome da CNM, desejo uma ótima gestão a todos. Estaremos ao lado de vocês nos próximos quatro anos, enfrentando as dificuldades e vibrando a cada conquista”, concluiu Aroldi.

Momentos marcantes
Apesar das conquistas alcançadas a cada ano e da participação de muitas autoridades para prestigiar o evento, algumas edições da Marcha foram marcadas por momentos de resistência do movimento municipalista. A primeira edição ocorreu em 1998 e já foi a oportunidade de mostrar o peso do movimento municipalista.

O então presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, reuniu mais de mil prefeitos no evento e o grupo marchou até o Palácio do Planalto para apresentar a pauta de reivindicações. No dia 19 de maio de 1998, o presidente da República era Fernando Henrique Cardoso, que estava fora do país; em exercício, o então presidente do Senado, Antônio Carlos Magalhães, deveria receber a comitiva. No entanto, os gestores foram recepcionados pela segurança do Planalto e cachorros.

Outro momento marcante foi em 2013, em encontro com a ex-presidente Dilma Rousseff. Na ocasião, ela colocou o dedo em riste no ex-presidente Paulo Ziulkoski por conta da defesa de uma pauta municipalista que tramitava no Congresso Nacional e era discutida junto ao governo federal. Acesse aqui a galeria de fotos. Confira os materiais que a CNM disponibilizou na Biblioteca Digital para auxiliar os gestores.

Leia também:
Matérias publicadas até agora: Ziulkoski reforça importantes conquistas do movimento municipalista no regime previdenciário 

Gestores conhecem oportunidades de captação de recursos pelas plataformas Êxitos e + Brasil 

Iniciativas sociais: plenária destaca atuação na cultura e área técnica Mulheres e Juventude

Atendimento personalizado da área institucional da CNM é apresentado aos novos gestores

Novos Gestores: o novo Fundeb e os desafios da gestão municipal

Por: Allan Oliveira

Da Agência CNM de Notícias


Notícias relacionadas