Home / Comunicação / Covid-19: CNM disponibiliza Plano de Comunicação para auxiliar Municípios na vacinação

Notícias

25/01/2021

Compartilhe esta notícia:

Covid-19: CNM disponibiliza Plano de Comunicação para auxiliar Municípios na vacinação

25012021 VacinaCovid ag.BrasilA Confederação Nacional de Municípios (CNM) disponibiliza um Plano de Comunicação que traz estratégias que podem ser adotadas pelos gestores municipais de todo o país para a vacinação contra a Covid-19. Isso porque, mesmo com as diretrizes do plano de vacinação apresentadas pelo Ministério da Saúde, o gestor deve elaborar um Plano de Vacinação com o planejamento do Município e as ações para a campanha de vacinação.

Durante os Seminários Novos Gestores, o presidente da CNM, Glademir Aroldi, reforçou a importância de os Municípios implementarem o plano. “É o único caminho para salvar vidas, para amenizar a situação sanitária, para a retomada da economia. Por isso, precisa chegar rapidamente a cada Município e a população precisa entender que não tem outro caminho. Cada cidadão vai receber a vacina, receber a ferramenta para fazer o enfrentamento a esta verdadeira guerra que estamos vivendo. Além de estar protegida, estará protegendo os seus. E isso só pode acontecer se criarmos uma campanha de divulgação de comunicação com a sociedade”.

De acordo com o plano, os Municípios devem manter um diálogo claro e padronizado com a população, de forma a transmitir as fases operacionais da campanha de vacinação de acordo com as diretrizes nacionais de vacinação e as informações disponibilizadas pelas autoridades de saúde e instituições de ciência e pesquisa. Entre as ações, a gestão municipal deve manter a população informada sobre os seguintes pontos:

I. segurança e eficácia da vacina;
II. grupos prioritários para vacinação e quantitativo;
III. quantitativo de doses e insumos recebidos;
IV. placar/ vacinômetro: população a ser vacinada x número de doses aplicadas;
V. farmacovigilância;
VI. quantitativo de salas de vacinação e profissionais de saúde para a aplicação;
VII. distribuição das salas de vacinação;
VIII. quantitativo de pessoas aptas a receber a vacina na primeira fase (conforme o grupo prioritário);
IX. cronograma de vacinação ou previsão (quando possível); e
X. projeção dos locais de vacinação (se já possui previsão).

Como primeiro passo, a entidade orienta os gestores municipais a construir ações comunicativas, iniciando com mensagens de antecipação e preparação, passando para a fase de informação à população com clareza: como, quando, onde e para quem será a primeira etapa e demais etapas, bem como a quantidade de doses recebidas no Município.

Peças de publicidade
Para ajudar na disseminação de notícias, a CNM disponibiliza peças gráficas para as redes sociais e impressões que as prefeituras possam atuar levando informação à população. Pode e deve ser usado como meio de comunicação oficial, o site da prefeitura, quando deve ser destinado um espaço exclusivo sobre a campanha de vacinação.

Além disso, a prefeitura deve buscar a divulgação da campanha junto à imprensa local, por meio do envio de release com as informações mais importantes que a população precisa saber para garantir ampla participação na campanha de vacinação, destacando um porta-voz, com amplo conhecimento no assunto e ações, para responder qualquer questionamento durante o processo.

Confira o Plano de Comunicação completo e implemente no seu Município.

Da Agência CNM de Notícias 
Foto: Agência Brasil


Notícias relacionadas